'+ Auto

Audi retoma produção nacional no Brasil

Compartilhe:
30 de junho de 2022
Jonas Viana
Audi retoma produção nacional no Brasil

A Audi do Brasil anuncia  a retomada das operações em sua fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, a partir de junho deste ano. O anúncio foi realizado nesta quarta-feira (29) em cerimônia realizada na linha de montagem brasileira que reuniu os principais executivos da montadora no país, representantes do Governo Federal e autoridades locais.

Versão Q3 Sportback: visual agressivo

Segundo Daniel Rojas, CEO da Audi do Brasil, “a Audi tem uma relação sólida e duradoura com o Brasil, e mesmo após a interrupção das operações no último ano, sempre acreditamos no potencial de recuperação e crescimento do país. Por isso a empresa se esforçou para retomar a sua produção local, de modo a reforçar sua confiança no país e a confiabilidade junto aos clientes com dois dos seus principais produtos globais. Agradecemos às autoridades brasileiras por estarem junto conosco em mais este importante capítulo de nossa história”.

Audi Q3 Sportback

Os modelos escolhidos na retomada da fabricação nacional são os novos Audi Q3 e o Audi Q3 Sportback, ambos equipados com motorização 2.0 litros de 231 cavalos de potência, que serão produzidos com tecnologias inéditas no país como a icônica tração integral quattro e a transmissão tiptronic de oito velocidades – presente pela primeira vez em um veículo com motor transversal – que proporciona trocas de marchas mais ágeis e confortáveis. Com isso, a montadora terá a sua linha de SUVs 100% equipada com tração quattro no país.

Q3 tem motor 2.0l, com 231 cv de potência

Para viabilizar a reinauguração da unidade fabril, a Audi do Brasil está realizando um investimento de R$ 100 milhões na modernização da linha de montagem, que ganhou novos maquinários, ferramentais, equipamentos de controle de qualidade e sistemas de tecnologia da informação e infraestrutura logística.

Esse montante se soma aos R$ 446 milhões já investidos pela marca desde a criação do Inovar-Auto, em 2012. Com isso, na última década a montadora já acumula mais de meio bilhão de reais investidos em sua fábrica no país.

Inicialmente, a fábrica terá capacidade produtiva máxima de quatro mil veículos por ano, em dois turnos. Os veículos produzidos serão  destinados, inicialmente, apenas ao mercado consumidor interno. Os veículos serão montados na planta em regime de Semi Knock Down (SKD), uma alternativa de produção global extremamente eficiente e tecnológica para modelos de baixo volume.

A produção do Audi Q3 e Audi Q3 Sportback com motor 2.0 será realizada em uma linha de montagem exclusiva, a mesma que produziu a geração anterior do SUV até 2019. Os modelos chegarão ao Porto de Paranaguá divididos em conjuntos de peças e partes vindos da fábrica de Györ, na Hungria, para a montagem em solo brasileiro.