Camisa 8

A volta do PV: estádio Presidente Vargas passa por ajustes finais e deve voltar a receber jogos em maio

Compartilhe:
22 de abril de 2022
Jonas Viana
A volta do PV: estádio Presidente Vargas passa por ajustes finais e deve voltar a receber jogos em maio

O retorno do estádio Presidente Vargas (PV) está cada vez mais próximo. Com as obras passando por ajustes finais, a Secretaria de Esporte e Lazer (Secel) da Prefeitura de Fortaleza mantém o planejamento de conclusão da reforma até o fim deste mês. Caso isso seja concretizado, a expectativa é de que o estádio possa voltar a receber jogos em maio.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Segundo o GCMAIS apurou, já foram finalizados os serviços de remoção do antigo gramado do estádio Presidente Vargas (PV), a instalação do sistema de drenagem, terraplanagem no campo e todo o plantio do novo gramado. Neste momento, estão sendo realizados os reparos finais das estruturas como pintura, revestimentos, reposições de instalações e modernização de sistemas.

Sem receber jogos há quase dois anos e dois meses (a última partida foi disputada em março de 2020), o PV volta à cena no momento em que a principal praça esportiva do Estado, a Arena Castelão, sofre duas críticas pela qualidade de seu gramado, castigado por uma maratona de jogos e pelas fortes chuvas na capital cearense. Uma vez que tiver liberado para receber jogos, o estádio Presidente Vargas surge como “salvação” para aliviar a carga de jogos no Castelão, em meio a um calendário movimentado nos jogos dos times cearenses, especialmente Ceará e Fortaleza. O Ferroviário, por sua vez, também manifestou desejo de mandar seus jogos na Série C no local.

Investimentos da reforma do PV e os laudos do estádio 

A reforma do PV contou com um investimento de R$ 2,5 milhões. Com a conclusão das obras de drenagem, irrigação e revitalização no campo, o estádio contará com mais de 8 mil m² de novo gramado do tipo Bermuda Celebration, padrão Fifa, que possui qualidade superior ao anteriormente utilizado.

Além do gramado, o estádio passou por reparos na pintura, melhoria nas estruturas metálicas da cobertura, iluminação, modernização da rede elétrica, além de reforço nas demarcações das arquibancadas, substituição dos revestimentos de cerâmica nos vestiários, banheiros e lanchonetes.

Leia também | Estádio Presidente Vargas, que foi local de hospital de campanha, completa dois anos sem receber jogos

Uma vez finalizada a reforma, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Secel) ficará encarregada do recebimento dos laudos liberatórios dos órgãos competentes: Corpo de Bombeiros; Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea); Polícia Militar e Vigilância Sanitária.

As licenças deverão atestar as boas condições do PV e o funcionamento pleno de todos os sistemas operacionais do estádio, sendo favoráveis à sua reabertura. Passado esse processo avaliativo, que deve durar cerca de 15 dias úteis, o PV poderá ser novamente palco dos jogos oficiais de futebol.

Quando foi o último jogo do estádio Presidente Vargas?

Hospital de campanha no início da pandemia, estádio Presidente Vargas completa dois jogos sem jogos receber jogos de futebol

No último jogo disputado no PV, o Ferroviário venceu o Pacajus por 1 a 0, pelo Estadual de 20220. Foto: Lenílson Santos/Ferroviário.

O último jogo de futebol realizado no estádio Presidente Vargas ocorreu no dia 15 de março de 2020. Já sem torcida, por conta da pandemia, o PV foi palco da partida entre Ferroviário e Pacajus – que o time coral venceu por 1 a 0, pelo Campeonato Cearense de 2020. Felipe Macena foi o autor do gol que balançou as redes do estádio pela última vez.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Dias depois de receber Pacajus 0x1 Ferroviário, o estádio foi fechado para servir de Hospital de Campanha para o tratamento de pessoas com Covid-19, no início da pandemia no Ceará. A unidade hospitalar, que atendeu mais de mil pacientes, funcionou por cinco meses, de abril a setembro de 2020. Daí em diante, foram oito meses de inatividade, entre o período que o hospital de campanha foi desativado e o início da reforma, em julho de 2021.