Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
+ AUTO
Chaves de carro: conheça os tipos e preços
Cada uma tem nível de segurança diferente; veja preços das cópias, que podem chegar a até R$ 8 mil
André Marinho
Postado em 8 de junho de 2021
Chaves de carro: conheça os tipos e preços
Chaves de carro evoluíram e tem tecnologia

Chaves não abrem só portas: são sonhos materializados. Algumas viabilizam a casa própria, outras o carro tão desejado, ou o início de uma vida de trabalho feliz. Em relação aos carros, existem quatro tipos de chaves e aqui vou detalhar para vocês cada uma.

CHAVE COMUM – Se você já precisou abrir um automóvel antigo, deve se lembrar de que as chaves desses veículos se pareciam muito com as das portas de casa, não é mesmo?

O modelo comum mantém a característica de ter a combinação de um segredo, esculpido geralmente em um pequeno pedaço de metal plano. Com o tempo, as chaves passaram a ter uma parte plástica, com a marca do fabricante do veículo, o que as deixou mais sofisticadas. Entretanto, a chave comum oferece certa facilidade para ser copiada.

Por não ter um sistema de segurança tão complexo, esse modelo pode ser facilmente falsificado. O próprio miolo, onde a chave é encaixada, é um tanto obsoleto, pois há o risco de arrombamento por meio do uso de certas ferramentas.

CHAVE CANIVETE– É caracterizado por um mecanismo similar ao de um canivete, deixando a chave do carro “escondida” dentro de um controle, em que, por vezes, também ficam os comandos de ligar e desligar do alarme.

As chaves canivete recebem esse nome pela semelhança com esse objeto cortante, embora, na verdade, apenas a saída da chave do controle é que lembra um canivete — basta pressionar o mecanismo que a chave sai. Esse modelo de chave geralmente vem de fábrica, embora possa ser replicado por chaveiros.

Quanto às suas características de uso, vale o destaque para o maior conforto ao carregá-la e também o menor risco de danificá-la, já que a chapa modelada fica escondida dentro da proteção plástica. Entretanto, vale ressaltar que a segurança que ela oferece ao veículo depende exclusivamente de sua tecnologia de codificação.

CHAVE CODIFICADA – Alguns tipos de veículos são equipados com sistemas de segurança e, nesses casos, as chaves são codificadasQuanto ao aspecto visual, elas podem ser tanto chaves comuns quanto canivete.

codificação é aplicada por meio da utilização de um chip interno na chave. Uma configuração única é aplicada ao veículo e ao circuito eletrônico, criptografando a informação necessária para utilização da chave, o que faz com que ela só funcione se o código for reconhecido pela central eletrônica do carro. Quando o motorista tenta abrir o veículo, a chave emite um código para o automóvel.

Se os códigos do receptor do veículo e da chave estiverem corretos, o carro pode ser aberto e o condutor pode dar a partida. Caso contrário, o veículo não pode ser acionado ou, a depender da tecnologia, nem sequer aberto. A cópia de uma chave codificada requer que o motorista possua o código para levá-lo ao chaveiro.

CHAVE PRESENCIAL – Na trajetória da evolução das chaves de carro, o modelo presencial prioriza a comodidade do motorista. Esse tipo de chave dispensou a lâmina de metal e, por consequência, o ato de introduzir a chave na fechadura.

Quanto ao aspecto externo, a chave presencial lembra um controle de alarme e, como esse objeto, é acionada somente por botões, tanto para abertura e fechamento das portas quanto para ignição do motor.

Às vezes, é possível abrir o carro por meio de um botão na maçaneta, no entanto, é preciso ter a chave presente a alguns centímetros de distância. A cópia de uma chave presencial deve ser feita na concessionária, e esse modelo geralmente está presente em carros de alto padrão.

PREÇO MÉDIOS DAS CÓPIAS:

Chave comum: a partir de R$ 150,00

Chave Canivete: a partir de R$ 850

Chave Codificada: a partir de R$ 2 mil

Chave Presencial: a partir de R$ 1.500 a R$ 1.800 (carros nacionais)

Chave Presencial (marcas premium importados): de R$ 2.500 até R$ 8 mil

Deixe seu comentário