Dicas para evitar golpes na hora de comprar seu carro | + Auto | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
+ Auto
Dicas para evitar golpes na hora de comprar seu carro
Saiba evitar dor de cabeça antes de fechar o negócio
André Marinho
Postado em 19 de dezembro de 2021
Dicas para evitar golpes na hora de comprar seu carro

Comprar o carro e fugir dos golpes. O consumidor deve estar atento e alerta sempre antes de fechar qualquer negócio. E desde o início da pandemia, alguns estados e cidades passaram a registrar mais casos de fraudes no mercado de compra e venda de automóveis.

Carros novos, seminovos e usados já acumulam altas de mais de 10% em 2021

Foto: Divulgação/Facebook Fenabrave

Um levantamento do Instituto de Segurança Pública do Rio (ISP) mostra que entre o início da pandemia, em março de 2020, e março deste ano houve um aumento de 170% nos golpes em vendas pela internet. Enquanto dados da Polícia Civil de Minas também indicam um crescimento no período.

Você vai saber agora quais são os golpes mais comuns

Anúncios com preços muito baixos

Preço baixo tem um efeito psicológico né? Mas a verdade é que produtos tão baratos podem apresentar danos e defeitos, que vão trazer um custo total de reparo equivalente ao valor que foi economizado na compra final. Ou até, o produto final pode nem existir. Por isso, é preciso desconfiar de valores muito fora do que é praticado no mercado.

Sonho de comprar carro pode virar pesadelo

Automóveis “direto da fábrica”

Muitos falsos vendedores utilizam desse anúncio para atrair os consumidores. Antes de fechar a compra, pedem para que o pagamento seja feito de forma adiantada, para que enfim, o carro seja entregue após alguns dias. O principal fato é que com o dinheiro em mãos, os golpistas não entregam veículo algum, pelo contrário, criam apenas um imenso prejuízo para o cliente. 

“Para compra ou venda online, a dica é verificar a procedência do anúncio e site no qual está inserido, conferir todos os dados, e sempre checar comentários e avaliações. Muitas vezes, apenas nessa conferência, já é possível descartar o negócio”, explica o CEO e fundador da InstaCarro, Luca Cafici.

Carros apreendidos

Um dos mais utilizados é o golpe com os carros já apreendidos, os vendedores usam a “venda” de carros que estão sob o controle da polícia, que houve falta de pagamento ou que estão com excesso de multas. E para completar, atraem os consumidores a irem ao pátio encontrar tal veículo e fazer imediatamente o pagamento final.

Golpe do test drive

Nesse caso, o interessado pelo veículo faz uma visita e pede um test drive, porém quando tem as chaves na mão, foge com o automóvel, pense numa desgraça…

O “falso intermediário”

Também muito comum e em alta nesse mercado, golpistas acham anúncios que os agradem, retiram diversas informações dos vendedores, como se estivessem interessados em comprar. E replicam esse anúncio para que possam tomar o lugar do verdadeiro vendedor. Com uma complexidade alta, no final de tudo, conseguem receber o valor do carro sem nem tê-lo em mãos. E claro, o comprador não o recebe, no final das contas.

 

 

 

Deixe seu comentário