Aprovação em processos de trainee requer persistência e estudos | + Emprego | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
Coluna + Emprego
Aprovação em processos de trainee requer persistência e estudos
Experiências de vida e autoconhecimento também são fatores apontados por candidata que conseguiu uma vaga em processo para formação de jovens lideranças
Márcia Catunda
Postado em 1 de setembro de 2021
Aprovação em processos de trainee requer persistência e estudos
Foto: Divulgação

A temporada dos programas de trainee está em alta no País, e, como a concorrência é sempre elevada, os candidatos, além de serem autônomos e terem um perfil inovador, precisam se preparar para a disputa das vagas. Uma candidata bem-sucedida em seleções que formam jovens lideranças dá dicas para quem deseja a tão sonhada aprovação nos processos de diversas empresas. Entre elas, está a importância de se juntar a grupos de estudos, até conseguir o resultado positivo.

De acordo com a analista de Manutenção da VLI, Luizymari Silva Moreira, de 28 anos, aprovada como trainee em 2019, é muito difícil que um candidato seja aprovado na primeira seleção.

“Um conselho é não desistir ao receber o primeiro não. Estude as provas que têm na internet, bem como a empresa para a qual quer ingressar. Quem está tentando ser um trainee deve se propor a realizar as etapas seletivas de vários programas. Esses processos vão ajudar você a se preparar para o processo seletivo que você quer”, aconselhou.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Além disso, ela afirma que é necessário separar um tempo para se dedicar, com planejamento, e persistir no sonho.

“Entre os diferenciais no perfil do futuro trainee, estão disposição para participar daquele programa, ser curioso e querer fazer diferente. O processo seletivo desafia a pessoa a sair de sua zona de conforto. Deve-se também valorizar suas histórias, principalmente aquelas pessoas que não cursaram faculdades tradicionais, não fizeram intercâmbio ou não falam inglês. Histórias de superação e as lutas pessoais, muitas vezes, podem equivaler à experiência de um intercâmbio, por exemplo. Saber extrair suas melhores histórias é muito importante”, pontuou.

Luizymari destaca que, durante a seleção, os recrutadores buscam a todo o tempo explorar quais os pontos fortes do candidato e o que ele precisa melhorar. Sendo assim, é preciso ter esses pontos fortes bem claros e valorizá-los. Outro conselho é não se comparar com os outros.

“Durante o processo seletivo, lidamos com pessoas que, aparentemente, são melhores que a gente. Saber qual seu diferencial e focar nele. Preste atenção em você e trabalhe seus pontos fortes com exemplos”, sugeriu.

Segundo ela, o autoconhecimento é a base para que a pessoa possa construir uma sólida visão interna e, assim, se sentir mais segura durante as etapas das seleções.

“Seja você mesmo e não tenha medo de se mostrar. Estamos em um momento cultural bem legal para abraçar a diversidade. A mudança está acontecendo, e as empresas buscam essa diversidade, afinal, se não fizerem isso, acabam ficando para trás”, analisou.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Outra proposta de Luizymari é buscar programas e páginas na internet que auxiliem nos processos de trainee. Um exemplo é uma iniciativa de mentoria colaborativa e gratuita da qual ela é uma das idealizadoras. Esse trabalho voluntário ocorre em paralelo à carreira na VLI.

“O objetivo é ajudar grupos sub-representados (mulheres, pessoas com deficiência, negros, indígenas, LGBTQIA+ e de baixa renda) a conquistarem a tão sonhada vaga de trainee e se tornarem as lideranças das companhias mais diversas, através de mentorias coletivas e individuais”, concluiu.

Live

 Nesta quinta-feira (02), a VLI promove uma live, às 18h, que trará um bate-papo sobre desenvolvimento de carreira, experiências, benefícios, cultura da companhia e dicas para o processo seletivo de trainee. O Programa de Trainee 2022 está aberto, e os interessados de todo o País têm até 15 de setembro para se inscrever pelo site.

Deixe seu comentário