Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
Coluna + Emprego
Como se preparar para um processo seletivo virtual e ampliar oportunidades de emprego
Especialista revela quais são os passos necessários para se dar bem em entrevistas a distância
Postado em 6 de abril de 2021
Como se preparar para um processo seletivo virtual e ampliar oportunidades de emprego
imagem: freepik

Com encontros presenciais restritos devido à pandemia da Covid-19, o ambiente virtual está se tornando cada vez mais uma realidade nas empresas que passaram a recorrer a entrevistas a distância com candidatos às vagas de trabalho. E o bom emprego da tecnologia têm oferecido diversos benefícios para a realização desses processos com mais facilidade e eficiência.

Muitos candidatos têm preferido o virtual pela facilidade de ficar em casa e não precisarem se deslocar, já outros encontram dificuldades, seja por timidez ou pela pouca familiaridade com a tecnologia.  Independente da preferência, a verdade é que todos eles terão que se adequar a esta nova realidade do mercado de trabalho. Adriana Duarte Nadaes, coordenadora de cursos de pós-graduação da Unyleya, uma das primeiras Instituições de Ensino 100% EAD no Brasil, revela quais são os passos necessários para se dar bem em um processo seletivo a distância.

A coordenadora explica que em um processo seletivo virtual os procedimentos para seleção de candidatos a uma vaga de emprego são quase os mesmos do presencial, com a diferença de que o contato entre os entrevistados e a equipe de seleção acontece virtualmente. Essa é uma maneira das empresas economizarem tempo e dinheiro, além da prevenção ao novo coronavírus.

Algumas corporações ainda utilizam uma metodologia híbrida, sendo parte da entrevista virtual e outra etapa presencial. Já outras optam por manter todas as fases do processo de maneira online, incluindo muitas vezes o próprio trabalho se mantendo no modelo de home office e o colaborador não precisa comparecer ao escritório em nenhum momento.

“Cada seleção tem uma maneira, um processo. É necessário estar atento a cada detalhe para conseguir atender aos critérios pedidos pela empresa. Assim como a pessoa se prepara para um processo seletivo presencial, também deve fazer o mesmo para o virtual”, relata Adriana.

A primeira dica, segundo Nadaes, é explorar o marketing pessoal, ou seja, saber se vender. Se a entrevista é em ambiente virtual, é necessário que o candidato cuide de alguns detalhes também virtuais para fazer uma boa apresentação de si mesmo, para tanto é importante atualizar redes sociais, principalmente o LinkedIn – uma das principais redes para fins profissionais. Adriana dá algumas dicas: “Vale trabalhar mais a “qualidade de perfil” na página de edição, incluir projetos, cursos, publicações, entre outros, aumentar o número de contatos que agregam ao momento – RHs, Headhunter, Gestores de área, profissionais de Educação, e, por fim, seguir as empresas que interessa. Sempre que possível é importante curtir, comentar ou publicar algo na página inicial”, revela.

Também é imprescindível preparar um bom currículo online e assim como em um processo presencial, a pessoa também deve fazer uma pesquisa prévia sobre a empresa e seu mercado de atuação para mostrar interesse e conseguir promover um diálogo mais aprofundado. Além disso, uma boa dose de reflexão e autoconhecimento vão ajudar nas respostas pessoais.

A pontualidade também vale no ambiente digital, principalmente que pela natureza do meio, basta estar em frente ao computador ou dispositivo de preferência. Organize os horários para estar pronto com pelo menos dez minutos de antecedência. Um erro cometido por muitas pessoas é verificar algum problema técnico nos equipamentos ou na conexão da internet em cima da hora.  Portanto, é importante conferir esses detalhes para evitar surpresas desagradáveis. Vale também colocar um despertador para estar online exatamente no horário definido pela empresa.

É comum ter que ligar a câmera para que os recrutadores vejam o candidato. Apostar em uma boa iluminação, um ambiente tranquilo e organizado com fundo, sem barulhos externos também contribui para uma entrevista bem-sucedida. Se estiver em um local com outras pessoas, o candidato pode combinar para que não haja interrupções. O foco deve ser total no momento da entrevista.

Na falta de contato visual, considere a câmera como os olhos dos recrutadores. Assim, mantenha o olhar fixo para ela, com atenção máxima às interações da entrevista. Evite distrações mantendo o celular nos modos “Não Perturbe”, desativando as notificações. Perder o foco, mesmo que por alguns instantes, pode prejudicar o desempenho do entrevistado.

O cuidado com a aparência e comportamento também são fatores importantes. Na maioria das vezes, não há grandes exigências relacionadas à estética para comparecer a esse tipo de reunião virtual, como trajes formais ou outros detalhes específicos. Ainda assim, deve-se prezar pela aparência no vídeo, o que vai ajudar muito a passar uma boa impressão. A pessoa deve arrumar-se como se estivesse indo para o trabalho e não deve aparecer com uma roupa desleixada, cabelo despenteado e barba dessarumada.

Um comportamento simpático também conta pontos a favor, bem como a linguagem utilizada. Muita gente acaba adotando uma postura informal demais por estar em casa, por isso é bom ter cuidado com as palavras. “Por fim se o candidato ainda assim não se sentir bem preparado, ele pode fazer uma simulação antes com a ajuda de um amigo”, finaliza a coordenadora.

 

Sobre Adriana Duarte Nadaes

Adriana Duarte Nadaes é coordenadora de diversos Cursos de Pós-Graduação, conteudista de diversas disciplinas e também professora tutora de diversas disciplinas na Unyleya, tendo como foco principal a área de gestão de pessoas. Ela também é responsável pela coordenação dos cursos de Pós-graduação Lato Sensu à distância em Gestão da Comunicação Organizacional Integrada, Gestão Empresarial com ênfase em Responsabilidade Social, MBA em Empreendedorismo, Marketing e Finanças,  MBA em Governança Corporativa, MBA em Gestão do Capital Intelectual e Retenção de Talentos,  MBA Executivo em Inteligência Artificial aplicada ao Marketing e  MBA em Business Partner.

 

 

Deixe seu comentário