De acordo com pesquisa , 55% dos trabalhadores brasileiros esperam novas oportunidades de emprego para 2022 | + Emprego | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
Coluna + Emprego
De acordo com pesquisa , 55% dos trabalhadores brasileiros esperam novas oportunidades de emprego para 2022
Embora 37% dos trabalhadores entrevistados não estejam procurando ativamente por um novo emprego, eles estão abertos a novas oportunidades
Postado em 27 de dezembro de 2021
De acordo com pesquisa , 55% dos trabalhadores brasileiros esperam novas oportunidades de emprego para 2022
Foi realizada uma pesquisa com mais de 700 brasileiros para investigar o sentimento da força de trabalho neste cenário de pandemia. Imagem: pexels

A reativação econômica no Brasil mudou o cenário de empregos como um todo. Com alguns setores desacelerando em seu retorno e outros claramente crescendo, o Indeed entrevistou pouco mais de 730 profissionais brasileiros para saber como o trabalho remoto, durante a pandemia, trouxe novas expectativas para os próximos anos.

Na esperança de que a recuperação do emprego continue, seguindo a tendência apresentada nos últimos meses, os trabalhadores têm expectativas claras de emprego: 55% esperam mais oportunidades de emprego até 2022.

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) do IBGE, esse aquecimento no mercado é visível, ainda que a retomada esteja lenta, a taxa de desemprego tenha recuado de 14,2% registrado em junho para 12,6% em setembro.

Perspectivas para 2022

Na pesquisa conduzida pelo Indeed, mais de ¼ dos entrevistados expressou a vontade de ter um negócio próprio nos próximos, com 32% esperando iniciar uma empresa e/ou tornarem-se autônomos em breve. Em contrapartida, para 46% dos trabalhadores um emprego seguro e estável ainda será prioridade nos próximos anos.

“Com o avanço da vacinação e a retomada de muitos serviços, é esperado um otimismo dos trabalhadores porque estamos vendo que o mercado está reaquecendo, mesmo que lentamente. Pouco mais da metade dos brasileiros têm uma expectativa elevada do mercado de trabalho para 2022, reflexo da recuperação após a pandemia”, afirma Felipe Calbucci, Diretor de Vendas do Indeed.

Dentro das tendências para 2022, cerca de 41% dos entrevistados indicaram que estão procurando ativamente por um novo emprego, enquanto 37% se dizem abertos a novas oportunidades, mesmo que não estejam procurando por um. E por volta de 14% não buscarão novas oportunidades, mesmo que outros empregadores os abordem com uma oferta, seja porque estão felizes no emprego atual ou porque temem o atual clima econômico.

As perspectivas para o próximo ano devem ter outro aspecto em mente. A mudança de paradigma em termos de trabalho presencial e remoto. Historicamente, os humanos gostam de se relacionar. Não se trata apenas de fazer um trabalho, mas de o fazer em conjunto pelo bem da sociedade e, em respeito a isso, os números da pesquisa mostram dois lados de uma mesma moeda.

Uma vez que a recuperação ocorre gradativamente em diferentes setores e os trabalhadores tenham retornado aos seus locais de trabalho, vale ressaltar que apenas 17% dos entrevistados esperam continuar trabalhando remotamente, enquanto outros 17% desejam que o trabalho seja realizado presencialmente e 11% gostariam de ter a oportunidade de socializar pessoalmente.

“A pandemia nos trouxe pontos de vista diferentes. Enquanto há quem queira voltar ao escritório e interagir com os colegas, há quem tenha encontrado novas formas de organizar a rotina no trabalho remoto. Talvez esse seja o maior desafio para as empresas no novo normal. Ser flexível e encontrar o ponto exato em que os trabalhadores se sintam ouvidos e levados em consideração”, finaliza Calbucci.

Metodologia

A pesquisa foi realizada pelo Indeed com 739 profissionais brasileiros, que estão empregados ou em busca de emprego, para investigar a situação atual do trabalho no Brasil e como o trabalho remoto durante a pandemia estabeleceu novas expectativas para os próximos anos em relação à forma como as pessoas trabalham. A pesquisa foi conduzida através de um painel online em novembro de 2021.

Deixe seu comentário