Grupo lança programa de estágio que prevê maior equidade entre os gêneros na área de tecnologia | + Emprego | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
Coluna + Emprego
Grupo lança programa de estágio que prevê maior equidade entre os gêneros na área de tecnologia
Com vagas para os estados do Ceará e Pará, as estudantes interessadas podem enviar currículo até dia 26 de janeiro
Postado em 20 de janeiro de 2022
Grupo lança programa de estágio que prevê maior equidade entre os gêneros na área de tecnologia
O programa Mulheres na TI consiste na contratação de estagiárias dos cursos de graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão de TI, Ciências da Computação, Engenharia da Computação ou Redes de Computadores. Imagem: pexels

A proporção de mulheres trabalhando em áreas de Tecnologia ainda é bem menor em relação aos homens. No entanto, isso está mudando e, cada vez mais, as mulheres avançam em setores que antes eram predominantemente masculinos. De acordo com o Banco Nacional de Empregos – BNE, o interesse das mulheres em vagas de TI cresceu 22% no ano de 2021. Para incentivar ainda mais essa procura, o respeito à diversidade e a equidade entre os gêneros, o Grupo Aço Cearense lançou o programa Mulheres na TI, que incentiva a participação de mulheres na área de tecnologia em suas empresas.

O programa Mulheres na TI consiste na contratação de estagiárias dos cursos de graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão de TI, Ciências da Computação, Engenharia da Computação ou Redes de Computadores. O estágio tem duração mínima de um ano nas unidades Aço Cearense Comercial, localizada em Fortaleza-CE (6 vagas), e SINOBRAS, localizada em Marabá-PA (1 vaga).

Cinthia Cavalcanti, diretora de Desenvolvimento Organizacional e TI do Grupo Aço Cearense, explica: “Com essa iniciativa, temos o propósito de valorizar a presença feminina no universo da Tecnologia da Informação. Queremos empoderar e contribuir para a promoção da representatividade, estimulando mulheres a seguir por novos caminhos. Essas ações são essenciais para a equidade de gênero no mercado de trabalho”

Para Vinícius Amanajás, gerente de TI do Grupo Aço Cearense, a ocupação de mulheres nessas vagas representa transformação. “A área de TI, historicamente, sempre foi mais composta por homens, mas com esse programa, promovemos mudanças para ampliar a participação das mulheres no segmento. Além de tudo, sempre é interessante trabalhar com uma equipe diversificada, inclusive sabemos que quanto mais diverso o ambiente, temos múltiplas ideias”.

O setor de Recursos Humanos recebe currículos para as vagas de estágio para o Programa Mulheres na TI até o dia 26 deste mês. As interessadas devem enviar currículo com o título “Currículo para Programa de Estágio” para os e-mails selecao@acocearense.com.br (Vagas no Ceará) e selecao@sinobras.com.br (vagas no Pará). Serão ofertados diversos benefícios e uma bolsa auxílio no valor de R$ 1.078,99 para as estudantes que forem selecionadas.

Deixe seu comentário