Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
COLUNA + PETS
Vacina de cachorro: saiba quais são essenciais para o seu bichinho
"Tenho que vacinar meu pet, mas quais vacinas ele pode tomar? Qual o ciclo inicial de vacinação?!" Calma, vamos do início tá?!
TCHALI DA BOLOTA
Postado em 30 de janeiro de 2021
Vacina de cachorro: saiba quais são essenciais para o seu bichinho
Foto: Pexels

Ao nascer, o filhote recebe do leite da sua mamãe uma importante carga de anticorpos prontos, assim, a saúde dele estará resguardada nos primeiros dias. Mas, com o passar das semanas, os anticorpos vão desaparecendo e o filhote acaba ficando exposto aos micro-organismos, coisas que podem afetar a imunidade do cachorrinho. Para lidar com essa situação, ele precisa ser vacinado.

É importante que você entenda para que servem as vacinas: elas ajudam na proteção do seu animal contra diferentes doenças, induzindo o organismo a produzir sua própria defesa. Elas podem, ou não, resultar em efeitos colaterais para o cachorro, mas são raros os casos graves. Na maioria das vezes, os sintomas são febre, edema na região onde foi aplicada a injeção ou sensação de desânimo – nada que um petisco não resolva.

Vacinas essenciais e não-essenciais

Vacinas essenciais

São vacinas que vão prevenir a parvovirose, cinomose e raiva.

A vacina V8 protege contra a cinomose, parvovirose, adenovirose tipo 2, parainfluenza, hepatite infecciosa canina, coronavirose e os dois tipos de leptospira (bactéria causadora da leptospirose).

Já a V10 (impostada) engloba todas as variacoes da V8 e mais dois tipos de leptospira.

E a vacina contra a raiva, chamada por alguns de antirrábica, é bastante oferecida em campanhas municipais no Brasil, ou adquiridas em Clínicas Pet Shop com veterinário apto para aplicar.

Vacinas não-essenciais

Sempre é bom, antes de aplicá-la, ter uma indicação do veterinário e/ou avaliação do mesmo, fazendo uma abordagem de acordo com o risco de exposição e também pelo estilo de vida do seu pet.

Podemos falar da Leishmaniose (podendo até ser essencial em determinadas regiões e em certas condições), que é mais conhecida pela “doença do Calazar”, em  que podemos trabalhar com prevenção usando repelentes, coleiras e a vacina em si. E, em sequência, temos a vacina da Giárdia e da Tosse dos Canis.

A Tosse dos Canis é altamente contagiosa e causada por um complexo de bactérias – mas, em geral, os animais se recuperam em até 15 dias. É indicada para animais que frequentam creches, escolinhas e hospedagens ou ainda que participam de exposições ou provas esportivas caninas.

A vacina contra a Giárdia é utilizada para prevenção e diminuição de cistos e consequentemente diminuição da contaminação do ambiente, o que significa diminuição da possibilidade de infectar novos animais ou reinfeccionar aqueles que já estiveram doentes. Mas vale lembrar que mesmo com essa vacina o animal poderá ser recontaminado, trabalhamos aqui a prevenção.

Lista completa de vacinas

1 – Vacina V8 e ou V10
2 – Vacina Contra a Raiva
3 – Vacina Tosse dos Canis
4 – Vacina Leishmaniose
5 – Vacina Contra Giárdia

Gostou?! Com tudo isso seu pet terá mais qualidade de vida e saúde ao lado de quem ele ama de verdade!

Leia também 

Mais textos da Coluna + Pets

Deixe seu comentário