Festival Sérvulo Esmeraldo realiza exposição que propõe um tour pelos museus do mundo | Radar do Comércio | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
Radar do Comércio
Festival Sérvulo Esmeraldo realiza exposição que propõe um tour pelos museus do mundo
Com apoio do Sesc Ceará, a programação gratuita acontece às 19h no Largo da RFFSA, no Crato
Sistema Fecomércio
Postado em 21 de setembro de 2021
Festival Sérvulo Esmeraldo realiza exposição que propõe um tour pelos museus do mundo
A série Museus a Céu Aberto apresenta diferentes espaços expositivos que propõem uma nova dinâmica em relação à arte. (Foto: Divulgação)

O Festival Sérvulo Esmeraldo (FSE 91) promove, até sábado, exibições ao ar livre de documentários da série Museus a Céu Aberto, dirigida por Karina Ades e produzida pela Bravura Cinematográfica. A iniciativa conta com parceria do Sistema Fecomércio Ceará, por meio do Sesc. A programação é aberta ao público e acontece sempre às 19h, no Largo da RFFSA, no município do Crato.

A série Museus a Céu Aberto faz um tour por museus ao redor do mundo. Estes museus têm em comum pertencerem à vanguarda dos museus integrados à natureza. São diferentes espaços expositivos que propõe uma nova dinâmica em relação com a arte. A vanguarda traz uma ideia de arte ambiental onde artistas ora expõe obras já existentes nos jardins ou galerias e ora são chamados para elaborar uma obra em lugar específico do parque convivendo harmoniosamente com a natureza. 

Cada episódio visita um parque. Entrevista com diretores, curadores, colecionadores e especialistas nos guia e nos ensinam sobre a importância de cada acervo artístico e botânico, além de explorar imagens da região onde se encontram os parques formando assim um mapa das artes a ser seguido pelo mundo. 

Sobre o Festival Sérvulo Esmeraldo  

O Festival Sérvulo Esmeraldo é uma iniciativa do Instituto Sérvulo Esmeraldo que, por meio do fomento à formação, difusão e promoção das Artes Visuais, contribui com a dinâmica da arte contemporânea no Crato e região. A programação celebra o legado do artista em obras públicas, contemplando uma exposição ao ar livre com fotos das obras públicas de Sérvulo Esmeraldo, feitas por Gentil Barreira, até o dia 30, exibições de documentários, o webinário Arte, Ciência e Novos Horizontes e cursos virtuais. A curadoria é da fundadora do Instituto Sérvulo Esmeraldo (ISE), Dodora Guimarães e Marcus de Lontra Costa, com colaboração do artista plástico e educador, Paulo Portella Filho. 

Confira a seguir a programação:  

Segunda-feira (20/09) – Chianti Sculture Park – Itália 

Localizado no coração de uma aldeia na província de Siena na Toscana, o parque escultura, dos apaixonados por arte contemporânea Rosalba e Piero Giadrossi, é uma pequena pérola a ser visitada. Piero Giadrossi criou a exposição permanente ao longo do bosque de carvalhos entre as colinas da deslumbrante região da Toscana. Cada artista escolheu o local para a sua instalação e cada obra torna-se presença única no canto do bosque onde ela é exposta. O proprietário cuida ele mesmo de cada centímetro do espaço e carinhosamente das obras, são vinte países representados ali. 

Terça-feira (21/09) – Rossini Art Site – Itália 

Ao Norte da Itália, entre Milão e o Lago de Como, a família Rossini expõe a coleção do apaixonado industrial Alberto Rossini em 10 hectares nas colinas de Brianza. 

Aqui a história da família Rossini se mistura ao acervo de obras de importantes artistas italianos e internacionais. As relações de amizade entre os artistas e proprietários, a paixão do colecionador, a presença da Sra Rossini e seus filhos estão em cada canto deste belíssimo parque escultura, que além de esculturas expostas nos jardins, ainda contam com um prédio-sede criado especificamente para o local pelo arquiteto Massimiliano Fuksas conhecido pelo The Peace House Pavillion. 

Quarta-feira (22/09) – Chateau La Coste – França 

Natureza, arquitetura, artes visuais e um dos melhores vinhos do mundo são as paixões do investidor Patrick-McKillen. Espécie de Inhotim francês situado na Provence este parque escultura junta projetos de escala, estilos e histórias diferentes em um mesmo local. O arquiteto Tadao Ando, Frank Genry, Renzo Piano, o brasileiro Tunga, Jean Nouvel e Louise Bourgeois são alguns dos importantes nomes que dão a cara ao conjunto La Coste que ainda conta com três restaurantes, um deles do renomado chef Francis Malman e um hotel. Este programa traz a natureza da Provence, o melhor da arte contemporânea no mundo, arquitetura, gastronomia e vinhos no ápice da sofisticação! 

Quinta-feira (23/09) – Fundação Pierre Gianadda – Suíça 

A coleção do engenheiro suíço Leonard Gianadda está exposta em meio a um vale na cidade de Martigny.  Durante escavações para um novo empreendimento imobiliário na região, ele descobriu vestígios de um templo galo-romano e decidiu então, suspender a construção do empreendimento para homenagear seu irmão morto em um trágico acidente aéreo. Em 1978 o engenheiro inaugura a Fundação Gianadda, um parque escultura com obras de Rodin, Cesar, Brancusi, Miró, Alexander Calder, Henry Moore, Marx Ernst, Chagal entre tantas outras, além de exposições itinerantes e um surpreendente Museu do automóvel com 50 modelos como um Mercedes Benz de 1897, um Delaunay_Belleville que pertenceu ao Czar Nicolau II da Rússia entre outras relíquias. Definitivamente, um parque imperdível! 

Sexta-feira (24/09) – Inhotim – Brasil 

O Instituto Inhotim é a sede de um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil em meio a um dos maiores jardins botânicos do mundo. 

O acervo artístico abriga mais de 500 obras de artistas de renome nacional e internacional como Adriana Varejão, Hélio Oiticica, Tunga, Cildo Meireles, Chris Burden, Matthew Barney, Doug Aitken entre tantos outros. Em permanente expansão, o acervo possui relevância mundial reunindo obras de algumas das vozes artísticas mais potentes da atualidade. São 96 hectares que compreendem jardins, galerias, edificações, e fragmentos de mata, além de cinco lagos ornamentais. O jardim botânico possui mais de 4300 espécies em cultivo. Vale a visita, vale respirar e aprender cada centímetro deste parque escultura maravilhoso. 

Sábado (25/09) – Fattoria Di Celle – Itália 

A Fattoria di Celle é certamente um dos mais belos parques esculturas do mundo e possui uma importantíssima coleção de arte ambiental que Giuliano Gorii e seus quatro filhos acumulam desde o início dos anos 80. A propriedade situa-se numa imensa colina com vista para Florença na Toscana Italiana composta por bosques, lagos, oliveiras, falésias, cachoeiras e etc. Instalações ao ar livre nos surpreendem num grande laboratório criativo onde arte e natureza se misturam num casamento absolutamente perfeito.  O jardim romântico além das obras abriga uma vila onde um dos prédios foi habitado por Leornardo da Vinci. A Villa Celle remonta do final dos anos 600. O colecionador Sr. Gori mora no parque e sua genialidade e bom gosto pelas artes visuais determinam uma linguagem onde a natureza e a arte se integram perfeitamente. 

  

 

Deixe seu comentário