Seminário debate formulação de Dossiê da Chapada do Araripe para campanha de reconhecimento da Unesco | Radar do Comércio | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
Radar do Comércio
Seminário debate formulação de Dossiê da Chapada do Araripe para campanha de reconhecimento da Unesco
Encontro acontece de 09 a 12/11 durante a 23ª Mostra Sesc Cariri de Culturas em formato híbrido
Postado em 9 de novembro de 2021
Seminário debate formulação de Dossiê da Chapada do Araripe para campanha de reconhecimento da Unesco
Berço de diversas manifestações culturais do País, a região transborda arte e memória. (Foto: Divulgação)

Iniciada pelo Sesc Ceará, em 2019, a campanha pelo reconhecimento da Chapada do Araripe como Patrimônio da Humanidade pela Unesco ganha um novo capítulo com a realização da 2ª Mesa de Debates sobre a região, de 09 a 12/11, durante a 23ª Mostra Sesc Cariri de Culturas. O encontro tem como objetivo fortalecer a Campanha junto à Unesco e levantar debates importantes sobre a riqueza material, imaterial, cultural e ambiental desse sítio arqueológico. 

Berço de diversas manifestações culturais do País, a região transborda arte e memória, sendo um lugar onde a ancestralidade se expande e se conserva. De acordo com Alemberg Quindins, gerente de cultura do Sesc Ceará, a localização geográfica tem forte influência nesse contexto, já que o Cariri cearense está localizado no entorno da bacia sedimentar do Araripe, fazendo divisa com os estados de Pernambuco, Piauí e Paraíba. 

“Nesse território onde a natureza se faz presente de forma diversificada e rica, estamos realizando mais uma ação com pesquisadores para esclarecer o processo da construção do Dossiê da Chapada do Araripe como Patrimônio da Humanidade junto à Unesco, título mais importante no sentido de salvaguarda cultural e natural”, explica Alemberg. 

Exigido pela Unesco para a candidatura de Paisagem Cultural, o documento, que irá mapear os patrimônios culturais, históricos e naturais da região, será formulado posteriormente em uma iniciativa conjunta entre o Sistema Fecomércio, por meio do Serviço Social do Comércio do Ceará (Sesc-CE), Fundação Casa Grande, Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult), Universidade Regional do Cariri (Urca) e Instituto Cultural do Cariri (ICC).

Programação 

Durante o encontro, serão realizadas quatro mesas de debates voltadas para temáticas da Chapada do Araripe em formato híbrido, com participação presencial na Fundação Casa Grande, em Nova Olinda, e transmissão online pelo Youtube do Sesc Ceará. 

A abertura acontece no dia 09/11, às 15h, com “Chapada do Araripe – Paisagem Cultural Evolutiva Viva” que terá participação da Professora Dra. Conceição Lopes, de Coimbra, Portugal; do Professor Dr. Patrício Melo, do Crato/CE; do Professor Dr. Alemberg Quindins, do Crato/CE; do Secretário de Cultura do Estado do Ceará, Fabiano Piúba; e mediação de Fabiana Barbosa, de Nova Olinda/CE. 

No dia 10/11, às 15h, a mesa de debate terá como tema “Caminhos da Paisagem Cultural – Arqueologia e Mitologia da Chapada do Araripe” com a presença da Professora Me. Lucineide Marquis, de Nova Olinda/CE; e mediação de Fabiana Barbosa. No terceiro dia de encontro, dia 11/11, às 15h, o debate será sobre “Caminhos das Águas – Ocupação do Território da Chapada do Araripe” com a Professora Dra. Simone Silva, de Crato/CE; Professora Dra. Sandra Nancy, de Barbalha/CE; e mediação de Lucineide Marquis, de Nova Olinda/CE. 

O encerramento acontece no dia 12/11, às 15h, com o tema “Caminhos dos Tesouros Vivos da Cultura do Cariri”. O bate-papo conta com a presença do Professor Me. Alenio Carlos, de Fortaleza/CE; e mediação de Lucineide Marquis, do Crato/CE.

 

Sobre a Campanha Chapada do Araripe Patrimônio da Humanidade

Encabeçada pelo Sistema Fecomércio-CE, através do Sesc Ceará, e Fundação Casa Grande, a campanha conta com a participação de instituições públicas, organizações não-governamentais, além de instituições internacionais. O movimento pela candidatura teve início em 2019, com a realização do I Seminário Internacional Chapada do Araripe Patrimônio da Humanidade, que reuniu palestrantes internacionais e nacionais, representantes de diversas instituições, agentes culturais da região e mestras e mestres da cultura popular.

No entanto, Sesc Ceará e Fundação Casa Grande já trabalham dentro desta perspectiva do fortalecimento da cultura da região do Cariri há mais tempo. Exemplo disso, é o projeto Museus Orgânicos, que transforma em lugares de memória e afeto as casas dos mestres de cultura da região. Além da Mostra Sesc Cariri de Culturas, evento realizado há mais de duas décadas, que valoriza e impulsiona as manifestações artísticas locais. 

 

Serviço

2ª Mesa de Debates Chapada do Araripe

De 09 a 12/11

Fundação Casa Grande – Nova Olinda-CE

Programação: Site www.mostrasescdeculturas.com.br/ e no aplicativo de celular “Mostra Cariri”, disponível para Android e iOS.

Deixe seu comentário