PT lança chapa Lula-Alckmin para Presidência; Acompanhe | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
ELEIÇÕES 2022
PT lança chapa Lula-Alckmin para Presidência; Acompanhe
De acordo com a organização, cerca de cerca de 4 mil pessoas participam do evento realizado no Expo Center Norte, em São Paulo.
Batista Santos
Postado em 7 de maio de 2022
PT lança chapa Lula-Alckmin para Presidência; Acompanhe
Foto: Reprodução

O Partido dos trabalhadores (PT) lança na manhã deste sábado (7), a pré-candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República para as eleições de outubro. Com 76 anos de idade, ele vai disputar a cadeira do Palácio do Planalto pela sexta vez em sua trajetória política.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O evento reune políticos de diversos partidos apoiadores da chapa, incluindo PCdoB, PSB, Solidariedade, PSOL, PV e Rede, movimentos populares, centrais sindicais e personalidades.

De acordo com a organização, cerca de cerca de 4 mil pessoas participam do evento realizado no Expo Center Norte, em São Paulo. Em nota, o PT afirma que o objetivo da pré-candidatura é “reconstruir o Brasil, com desenvolvimento sustentável, emprego e salário decente, proteção social e com o povo no Orçamento da União”.

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB), possível vice de Lula no pleito, foi diagnosticado com covid-19, segundo sua assessoria. Por causa disso, ele participa de forma virtual do lançamento da chapa.

A chapa de Lula para as eleições presidenciais deve ter a articulação mais ampla da história, em comparação às outras cinco vezes em que o ex-presidente disputou as eleições para o Palácio do Planalto. Com o apoio do Solidariedade, confirmado em evento na manhã da última terça-feira (3), o petista chegou ao sétimo partido que declara apoio à sua candidatura.

Até o momento, além de seu próprio partido, Lula já havia recebido o apoio do PCdoB e do PV, que compõem uma federação com o PT, do PSB, partido do ex-governador Geraldo Alckmin, postulante a vice na chapa presidencial da Rede e do PSOL, siglas que também estão unidas pelos próximos quatro anos por meio de uma federação para disputa eleitoral.

Em 1994, a chapa de Lula para a disputa do Palácio do Planalto também angariou a demonstração de apoio de sete siglas. À época, a Frente Brasil Popular pela Cidadania reuniu PT, PSB, PPS, PV, PCdoB, PCB e PSTU. Apesar do mesmo número de partidos, a articulação construída em 2022 é mais ampla por reunir siglas que não estão à esquerda do espectro político, como o próprio Solidariedade.

Nas candidaturas de 2002 e 2006, quando Lula foi eleito, ele também reuniu apoios de partidos de centro-direita e direita. Em 2002, contou com a presença de PL e PMN na articulação. Quatro anos depois, conseguiu incluir o PRB na lista de siglas aliadas. Nas duas ocasiões, contudo, o número de partidos foi menor, em comparação a este ano: cinco em 2002, três em 2006.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Relembre os apoios às chapas de Lula

1989: Frente Brasil Popular (PT, PSB, PCdoB)
1994: Frente Brasil Popular pela Cidadania (PT, PSB, PPS, PV, PCdoB, PCB, PSTU)
1998: União do Povo Muda Brasil (PT, PDT, PSB, PCdoB, PCB)
2002: Lula Presidente (PT, PL, PMN, PCdoB, PCB)
2006: A Força do Povo (PT, PRB, PCdoB)
2022: Vamos Juntos Pelo Brasil (PT, PCdoB, PV, PSB, PSOL, Solidariedade, Rede)
Gleisi ainda quer PSD e MDB

 

Acompanhe ao vivo:

Deixe seu comentário