Entretenimento

Segunda temporada de “Bom dia Verônica” estreia na Netflix

Os novos episódios foram lançados nesta quarta-feira (3) plataforma de streaming

Compartilhe:
4 de agosto de 2022
Redação GCMAIS
Segunda temporada de “Bom dia Verônica” estreia na Netflix
Foto: Reprodução

“Bom Dia Verônica” é uma série original brasileira da Netflix, inspirada no livro de mesmo nome, escrito por Raphael Montes e Ilana Casoy (sob o pseudônimo de Andrea Killmore). Dirigida por José Henrique Fonseca, a trama conta a história de uma escrivã de polícia, funcionária de uma delegacia de homicídios de São Paulo. No fim na primeira temporada, a detetive Verônica Torres é dada como morta. Já nos novos episódios, a protagonista assume a identidade de Janete para continuar a combater a violência contra a mulher.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<       

A policial passa a investigar dois casos, um suicido e uma ligação misteriosa. Então, quando ela, mãe de dois filhos, sai para resolver os dois incidentes, acaba colocando em risco não apenas sua própria vida, mas também a segurança de sua família.

Desta vez, o foco é em mulheres abusadas sexualmente e vendidas para o exterior, para onde vão atrás da falsa promessa de uma vida melhor. No comando de tudo, está Matias, espécie de líder religioso. Extremamente sedutor, ele convence as fiéis de que tem um poder de cura para o mal dela. O método, completamente execrável, inclui o abuso sexual das “pacientes”.

O elenco formado por Tainá Müller, Reynaldo Gianecchini e Klara Castanho promete surpreender os fãs de série policial.

Cenas de estupro com Klara Castanho são cortadas de série da Netflix

A segunda temporada de “Bom Dia, Verônica”, chegou na plataforma de streaming Netflix nesta quarta-feira (3). A história traz em seus novos capítulos uma cena em que a personagem interpretada por Klara Castanho sofre um estupro. Devido às últimas repercussões envolvendo a artista, a Netflix resolveu cortar as cenas. As  informações ganharam destaque na imprensa nos últimos dias.

Ainda de acordo com as informações disponíveis, o estupro da personagem é feito pelo próprio pai. Contudo, a ideia agora é apenas sugerir o fato e não mais mostrá-lo. A edição das imagens foi feita para dar destaque ao assunto dessa forma. A plataforma tem tomado bastante cuidado com as cenas devido às revelações feitas pela atriz, que foi abusada e chegou a ter um bebê, mas o ofereceu para a adoção legal.

Na história, o personagem responsável pelo estupro é interpretado por ator Reynaldo Gianecchini. Na série, além de assediar a própria filha, de apenas 16 anos, o homem faz o mesmo com a esposa, personagem que é interpretado pela atriz Camila Márdila. Vale destacar que Klara Castanho assinou com a Netflix antes de ter sofrido violência sexual.

Leia também | Após grande repercussão, Klara Castanho fala sobre gravidez decorrente de estupro

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<