Esporte

Diego Maradona morre aos 60 anos de parada cardiorrespiratória

Craque da Copa de 1986, quando defendeu a seleção, o ex-atleta deixa um legado para a nova geração de jogadores

Compartilhe:
25 de novembro de 2020
Teste Teste
Diego Maradona morre aos 60 anos de parada cardiorrespiratória
Ex-atleta morreu em sua casa na cidade de Tigre, que fica ao norte de Buenos Aires

De acordo com o jornal ‘Clarin’, o idolatrado craque de futebol argentino, Diego Maradona, morreu nesta quarta-feira (25). Ainda de acordo com o periódico, Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória. O ex-atleta estava em sua casa na cidade de Tigre, que fica ao norte de Buenos Aires.

Veja quem foi Diego Maradona, maior ídolo do futebol argentino

Com impacto em toda Argentina, devido a sua magnitude no futebol, morreu nesta quarta-feira (25), o ex-atleta da seleção Diego Maradona (60). Mesmo após se aposentar como jogador, não conseguiu deixar os gramados e atuou, desde 2008, como técnico, acumulando passagens pelo Textil Mandiyú (1994); Racing (1995); Al Wasl (Emirados Árabes, 2011 e 2012); Al-Fujairah (Emirados Árabes, 2017 e 2018) e Dorados de Sinaloa, México, em 2018. Atualmente era o treinador do Gimnasia e Esgrima, na Argentina. Veja a trajetória na íntegra, clicando aqui.

Veja mais | Pelé e outros famosos lamentam a morte de Diego Maradona

Gomes Farias: Maradona foi um dos maiores jogadores, mas teve carreira efêmera

Fortaleza e Ceará lamentam a morte de Maradona