Esporte

Pelé e outros famosos lamentam a morte de Diego Maradona

Ex-jogadores são admirados pelo Brasil e Argentina, rivais históricos no futebol

Compartilhe:
25 de novembro de 2020
Ninho Digital
Pelé e outros famosos lamentam a morte de Diego Maradona
Foto: Reprodução

Adversário em campo por defender seleção oposta à Argentina, Edson Arantes, o Pelé, lamentou a morte de Diego Maradona, falecido nesta quarta-feira (25). Veja o comentário do ex-jogador:

“Notícia triste, perder amigos dessa maneira. Que Deus dê bastante força para a família. Com certeza, um dia vamos bater uma bola juntos lá no céu”. Pelé

Outras personalidades

Neymar, considerado um dos maiores craques do atual futebol brasileiro, também falou sobre a morte do ex-jogador:

“Don Diego Maradona. Descanse em paz! Lenda do futebol”.

Romário, que exerce mandato como senador pelo Podemos, era amigo pessoal de Maradona. Nas redes sociais, fez um post em tom de despedida. Leia:

“Meu amigo se foi. Maradona, a lenda! O argentino que conquistou o mundo com a bola nos pés, mas também por sua alegria e personalidade única. Já disse algumas vezes, dos jogadores que vi em campo, ele foi o melhor. Sua passagem pelo mundo levou muita felicidade ao seu país e encantou a todos nós. Nunca vou esquecer das risadas que demos juntos. Certamente, ele nunca foi um adversário. Me chamava de Chapolin e me tratava como irmão. Um menino, que se foi cedo demais. Meu abraço aos argentinos, à família. Que tristeza, vai com Deus, hermano!”.

Em um telejornal, Carlos Casagrande falou sobre a morte de Fernando Vanucci e de Maradona. Ele se emocionou ao falar sobre a luta do argentino contra a dependência química. Leia:

“Eu fico chocado pela perda de um grande jogador, um cara que conheci e gostava muito e por um dependente químico porque eu sofro muito quando morre um dependente químico. É muito duro”.

O ex-presidente Lula e Maradona eram próximos. Nas redes sociais, o petista falou sobre a personalidade e carinho do técnico pelo Brasil. Confira:

“No campo, foi um dos maiores adversários, talvez o maior, que a seleção brasileira já enfrentou. Fora da rivalidade esportiva, foi um grande amigo do Brasil. Só posso agradecer toda sua solidariedade com as causas populares e com o povo brasileiro. Maradona jamais será esquecido”.