Vôlei: Minas rescinde contrato com Maurício Souza após postagem de teor homofóbico | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
DEMITIDO
Vôlei: Minas rescinde contrato com Maurício Souza após postagem de teor homofóbico
A decisão ocorre após intensa repercussão negativa nas redes sociais
AGÊNCIA BRASIL
Postado em 27 de outubro de 2021
Vôlei: Minas rescinde contrato com Maurício Souza após postagem de teor homofóbico
Maurício Souza é jogador da seleção e foi campeão olímpico em 2016. Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV

O Minas Tênis Clube rescindiu o contrato do central Maurício Souza, integrante da seleção brasileira masculina de vôlei , menos de 24 horas após anunciar a suspensão do atleta. Na tarde desta quarta-feira (27), o clube fez o comunicado em nota oficial.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

A decisão ocorre após intensa repercussão negativa nas redes sociais, desencadeada depois de postagens de teor homofóbico feitas pelo atleta no Instagram.

Nesta quarta (27), o clube mineiro foi sucinto ao anunciar o término do vínculo. Ontem (26), no entanto, afirmou no Twitter, ao justificar a suspensão do jogador, que “não aceita manifestações intolerantes, racistas, preconceituosas e homofóbicas, e que intensificará campanhas internas em prol da diversidade, respeito e união, por serem causas importantes e alinhadas com os valores institucionais”.

O posicionamento do Minas Tênis na noite desta terça (27) ocorreu após dois patrocionadores da equipe masculina de vôlei – Fiat e Gerdau – terem pressionado o clube a punir o atleta, devido a postagens de conteúdo homofóbico realizadas por ele.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Maurício Souza, jogador da seleção brasileira de vôlei, chegou a publicar ontem mesmo, logo após o anúncio de sua suspensão, um pedido de desculpas no Twitter, embora as postagens de teor homofóbico tenham sido publicadas no Instagram, onde ele tem mais de 400 mil seguidores. No Twitter, o central do Minas é seguido por menos de dois mil internautas.


Deixe seu comentário