Torcida do Fortaleza exibe mosaico e cartazes antirracistas antes do jogo contra o River Plate: "Pare o racismo" | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
#STOPRACISM
Torcida do Fortaleza exibe mosaico e cartazes antirracistas antes do jogo contra o River Plate: “Pare o racismo”
Mosaico é uma resposta ao racismo sofrido por torcedores do Fortaleza no jogo passado contra o River, em Buenos Aires
BRUNO BALACÓ
Postado em 5 de maio de 2022
Torcida do Fortaleza exibe mosaico e cartazes antirracistas antes do jogo contra o River Plate: “Pare o racismo”
Brasileirão: Saiba onde assistir Fortaleza x São Paulo, neste domingo (8). Foto: Matheus Amorim/FortalezaEC

Em resposta aos atos racistas sofridos por torcedores do Fortaleza no jogo contra o River Plate, no estádio Monumental de Nunéz, em Buenos Aires, a torcida do Tricolor do Pici exibiu um mosaico antirracista antes do segundo jogo entre as equipes, nesta quinta-feira (5), na Arena Castelão, válido pela 4ª rodada do Grupo F da Copa Libertadores.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Em mosaico permanente que tomou a parte superior das arquibancadas em frente às cabines de imprensa, a torcida do Fortaleza exibiu a mensagem “Stop racism”, ou seja, Pare o racismo em inglês, ao lado de um punho cerrado que simboliza a luta antirracista, no momento em que os dois times entraram em campo. Na entrada do time em campo, a torcida ergueu um mosaico de papel que formou a mensagem: “Juntos na luta”.

Mosaico de papel exibido na entrada do time em campo. Foto: Matheus Amorim/ FortalezaEC

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Além dos dois mosaicos, a torcida do Fortaleza exibiu diversas faixas com mensagens de luta contra o racismo. Uma das faixas estampava a mensagem “Sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele”, reproduzida em 1963 em discurso de Martin Luther King, líder do movimento dos direitos civis da população negra nos Estados Unidos.

Conmebol puniu River Plate por atos racistas contra torcida do Fortaleza em jogo da Libertadores

Conmebol pune River Plate por atos racistas contra torcida do Fortaleza em jogo da Libertadores

Momento em que o torcedor atira uma banana na direção da torcida do Fortaleza. Foto: Reprodução

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou, no último dia 29 de abril, que aplicará uma multa de US$ 30 mil ao River Plate (Argentina) por causa de atos racistas protagonizados por um torcedor da equipe argentina na partida contra o Fortaleza pela Copa Libertadores.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

No dia 13 de abril, no estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, um torcedor do River Plate foi flagrado jogando uma banana na torcida do Fortaleza durante o jogo entre os times. A equipe argentina identificou o homem como sócio do clube e o suspendeu.

O artigo 17 do Código Disciplinar da Conmebol prevê que os clubes cujos torcedores atentem “contra a dignidade humana de outra pessoa ou grupo de pessoas […] por motivos de cor de pele, raça, sexo, orientação sexual, etnia, idioma, credo e origem” sejam multados em US$ 30 mil. A punição pode ser aplicada diretamente nos valores de premiação por participação.

 

Em outro comunicado, também divulgado na tarde desta sexta, a Conmebol afirmou que “considera absolutamente inaceitável qualquer manifestação de racismo e outras formas de violência em seus torneios”. Assim, a entidade afirma que “assume e sempre assumirá sua parte de responsabilidade na luta contra todas as formas de discriminação”.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Diante dos últimos episódios, a Conmebol se comprometeu a promover “mudanças nos regulamentos para aumentar e endurecer as penalidades em casos de racismo”. Além de se comprometer a “elaborar e implementar novos programas e ações que visem banir definitivamente este problema do futebol sul-americano”.


Deixe seu comentário