Esporte

Atletas cearenses percorrerão 1000 km pelo litoral para arrecadar alimentos

Público pode participar com doações via PIX antes, durante e depois do desafio

Compartilhe:
28 de junho de 2022
Assistente de Redação vídeo
Atletas cearenses percorrerão 1000 km pelo litoral para arrecadar alimentos
O percurso é formado pelos atletas profissionais Igor Chacon, Dicson Falcão, Leandro Gadelha e Maurício Leão. Foto: Arquivo Pessoal

Vai ser dada a largada para a 4ª edição do Projeto “1000 km pela vida”. A ação envolve percursos de corrida e ciclismo com revezamento dos atletas, saindo de Fortaleza e percorrendo 20 cidades do litoral cearense, ao longo de 48 horas, entre a próxima sexta-feira (1º de julho) e o domingo (3 de julho). O pelotão de elite que conduzirá o percurso será formado pelos atletas profissionais Igor Chacon, Dicson Falcão, Leandro Gadelha e Maurício Leão.

Siga o Camisa 8 no Instagram 

De acordo com os organizadores do projeto 1000 km pela vida, o objetivo da ação é que cada quilômetro percorrido durante a corrida seja transformado em doação de alimentos para instituições com agenda social e filantrópica. Dessa forma, a arrecadação é feita ainda durante a corrida através de um caminhão da Ceará Motos, um dos patrocinadores do projeto, acompanhando o percurso e recebendo alimentos e bebidas.

Ao todo, o projeto 1000km pela Vida vai beneficiar quatro organizações: Instituto Nova Criação (INC), Instituto MetAMORfose, Operação Resgate e Casa do Amigo Jesus Mãos que Curam. Além das arrecadações que serão feitas, o público também pode participar realizando doações fiscais via Pix antes, durante e após a realização da corrida.

Leia mais | Falcão fecha contrato para agenciar Luva de Pedreiro e afirma: “decisões serão suas”

Para Jack Chacon, uma das organizadoras do projeto e mãe do atleta Igor Chacon, essa edição é muito importante no momento, devido aos impactos da pandemia nas comunidades mais vulneráveis. “Estamos vivendo um período muito delicado, onde é comum encontrarmos pessoas clamando por ajuda para enfrentar as adversidades da fome e miséria. Com um projeto desafiador como o 1000Km, planejamos fazer nossa parte em prol do amor e proteção da vida dessas pessoas”, afirma.

Sobre o 1000Km pela vida

Surgido em 2020, no auge da pandemia, o projeto 1000 km pela Vida envolve atletas cearenses e entusiastas do esporte em um desafio de se transformar em uma corrente solidária beneficiando instituições filantrópicas com impacto positivo na vida de milhares de cearenses. O projeto já ganhou três diferentes versões com percursos pela região do Crato, nas Dunas da Sabiaguaba e no sertão – agora o desafio é no litoral cearense.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<< 

Junto aos atletas, um corpo de profissionais especializados – entre fisioterapeutas, fornecedores, motoristas, mecânicos e voluntários – colocam-se à disposição para dar apoio com equipamentos necessários para a realização segura do grande desafio.