Educação

60% dos inscritos no Enem 2020 são mulheres

O público feminino corresponde a mais de 3 milhões de inscrições da prova

Compartilhe:
11 de outubro de 2020
Teste
60% dos inscritos no Enem 2020 são mulheres

As mulheres correspondem a 60% das inscrições confirmadas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o público feminino corresponde a 3.468.808 inscrições de um universo de 5.783.357. 

O público feminino tem sido de grande destaque através desse número. Um levantamento feito pelo Inep em 2018 mostra que o maior número de estudantes matriculados em faculdades no Brasil são mulheres, dessa forma, isso também se reflete no número de inscritos do Enem.

Devido aos danos causados pela pandemia da Covid 19, o Enem 2020 foi adiado e a realização da prova impressa será em 17 e 24 de janeiro, assim como a  prova digital acontecerá em 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

O Enem é uma prova de acesso ao ensino superior aplicado anualmente para brasileiros que estão concluindo o ensino médio ou aqueles que já terminaram essa etapa de formação da educação básica e desejam começar uma graduação. Qualquer pessoa interessada pode participar desde que pague o valor da taxa de inscrição, caso não tenha direito a isenção da mesma.

Com o resultado do Enem é possível pleitear bolsa de estudo pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), financiar o curso pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), estudar em uma universidade pública concorrendo pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e até mesmo estudar no exterior. Diversas universidades e institutos superior de Portugal aceitam o desempenho no Enem como critério de seleção.