Notícias

Procura por harmonização facial cresce cada vez mais no Brasil

Procedimento registrou crescimento de 255% entre 2014 a 2019, apenas em homens

Compartilhe:
25 de outubro de 2020
Teste
Procura por harmonização facial cresce cada vez mais no Brasil

Nos últimos meses tem se tornado cada vez mais comum pessoas procurando a técnica da harmonização facial. O procedimento é um conjunto de técnicas que visam dar um aspecto mais proporcional e simétrico para o rosto.

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), entre 2014 e 2019 o número de procedimentos de harmonização facial subiu de 72 mil para 256 mil ao ano, levando em conta apenas os procedimentos feitos em homens – um crescimento de 255%.

No Google Trends, ferramenta que monitora as tendências do buscador, as pesquisas pelo termo “harmonização facial” cresceram 540% somente em 2020, apontando que há um amplo interesse pelas técnicas.

A motivação por trás disso é de conquistar uma face mais simétrica, mais harmônica, corrigir supostas falhas na aparência, ter um rosto mais próximo dos padrões de beleza presentes na cultura pop, nas redes sociais e na mídia, e melhorar a autoestima.

O especialista em harmonização facial Alexandre Morita tem recebido cada vez mais artistas que buscam este procedimento em sua clínica e que mostraram resultados que surpreenderam os fãs.

“O Brasil alcançou o topo. Somos hoje o país com o maior número de cirurgias plásticas estéticas do mundo, segundo o levantamento recém divulgado pela Sociedade internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS, na sigla em inglês), o que torna este procedimento atrativo aos olhos dos artistas e do público em geral, pois a harmonização facial é um procedimento relativamente simples e rápido.”

Apesar de existir há mais de 40 anos, a técnica ganhou o nome comercial de “harmonização facial” recentemente e virou febre no Instagram e Facebook pelo público em geral compartilhando seus resultados de antes e depois.