Ceará

Secretaria de Segurança registra 83 crimes eleitorais no Ceará

Ao todo, 54 pessoas foram conduzidas às delegacias da Polícia Civil

Compartilhe:
16 de novembro de 2020
Ninho Digital
Secretaria de Segurança registra 83 crimes eleitorais no Ceará
Sandro Caron, titular da SSPDS, apresentou balanço de ocorrências

A eleição no Ceará foi tranquila, avalia a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O balanço apresentado pela pasta nesta segunda-feira (16) mostra que foram registradas 83 ocorrências por crime eleitoral.

No total, 54 pessoas foram conduzidas às delegacias da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e à Polícia Federal (PF). Desse número, 48 foram conduzidas pela Polícia Militar do Ceará (PMCE) e pela PCCE; 15 delas ficaram presas. Em uma única ação, 20 pessoas foram conduzidas à delegacia sob suspeita de participação em um esquema de transferência ilegal de título de eleitor.

Apesar do número de ocorrências, o titular da SSPDS, Sandro Caron, afirmou que a eleição aconteceu sem maiores problemas. “Se tivemos uma eleição segura, é porque conseguimos vários dias antes das eleições resolver uma série de problemas e situações de risco que poderiam ocorrer, sendo enviado reforços para os 184 municípios do Ceará”, destacou.

Veja mais: Polícia Federal apreendeu R$ 97 mil em municípios cearenses

Interior

Entre as regiões, o Interior Norte foi o território que registrou mais ocorrências, seguido da Região Metropolitana da Capital e de Fortaleza. No Interior Norte, foram 14 ocorrências. O território em questão abrange os municípios de Alcântaras, Barroquinha, Camocim, Cariré, Carnaubal, Chaval, Coreaú, Croatá, Forquilha, Frecheirinha, Graça, Granja, Groaíras, Guaraciaba do Norte, Ibiapina, Martinópole, Massapê, Meruoca, Moraújo, Mucambo, Pacujá, Santana do Acaraú, São Benedito, Senador Sá, Sobral, Tianguá, Ubajara, Uruoca e Viçosa do Ceará.

Confira o vídeo do Jornal da Cidade, da TV Cidade: