Economia

Nova linha de crédito anima setor do agronegócio

O anúncio trouxe mais um reforço para as perspectivas positivas do setor no Ceará

Compartilhe:
19 de novembro de 2020
Teste
Nova linha de crédito anima setor do agronegócio
Foto: Reprodução

O Banco do Brasil vai liberar R$ 1 bilhão para reforçar as linhas de crédito rural, voltadas ao financiamento de máquinas e equipamentos agropecuários. A contratação utilizará recursos próprios da poupança rural, com taxa de 7,5% ao ano e prazo de até seis anos.

De acordo com o banco, o valor complementa volumes inicialmente disponibilizados para a safra 2020/2021, que já desembolsou R$ 9,1 bi em operações de investimento agropecuário, 27% a mais que o mesmo período da safra anterior.

O anúncio trouxe mais um reforço para as perspectivas positivas do setor do agronegócio no Ceará. Além do crédito, as expectativas otimistas estão diretamente conectadas às previsões climáticas e à segurança hídrica no Estado.

Apesar de as previsões não serem, ainda, precisas, há um consenso de que o próximo ano deverá ser de evolução para o agronegócio cearense. O setor já tem se destacado neste ano pelo bom desempenho, mesmo em meio à crise gerada pela pandemia.

No segundo trimestre, conforme os dados mais recentes do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), o PIB da agropecuária registrou alta de 18,8% na comparação com igual período do ano anterior, na contramão dos demais setores que despencaram.

“O nosso objetivo é atender a uma demanda crescente do setor, dinamizando a cadeia produtiva das empresas fabricantes e revendas e contribuindo para a transformação tecnológica no campo”, declarou o vice-presidente do BB, João Rabelo, em nota.