Notícias

UTIs para Covid-19 têm 78,57% de ocupação em Fortaleza

A informação é da plataforma IntegraSUS. Taxa é mais alta desde junho

Compartilhe:
27 de novembro de 2020
Teste
UTIs para Covid-19 têm 78,57% de ocupação em Fortaleza
Foto: Divulgação Governo do Estado

Fortaleza tem 78,57% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) voltados para tratamento de Covid-19. A taxa é a mais alta desde junho deste ano.

Segundo a plataforma IntegraSUS, mantida pela Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), as instituições de saúde da Capital com 100% dos leitos ativos ocupados são a Casa de Saúde e Maternidade São Raimundo, com oito leitos; Hospital Geral Dr. Waldemar de Alcântara; Hospital Infantil Albert Sabin; Hospital de Messejana, Uniclinic, Walter Cantídio e o Instituto Dr. José Frota (IJF).

Atualmente, a rede pública estadual conta com 1.267 leitos para atendimento a Covid-19, sendo 948 de enfermaria e 319 de UTI, conforme a Sesa.

Ontem, o Governador Camilo Santana informou que o Estado comprou o Hospital Leonardo da Vinci em definitivo. Com isso, o hospital, que era privado e foi contratado para atender aos cearenses durante a pandemia da Covid-19, passará a ser público de forma permanente.