Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
SEGURANÇA PÚBLICA
Sistema Alerta Celular deve ajudar na recuperação de aparelhos roubados no Ceará
Cadastro vai reunir informações que podem ajudar no aumento de restituições de celulares às vítimas de roubos
IGOR SILVEIRA
Postado em 7 de junho de 2021
Sistema Alerta Celular deve ajudar na recuperação de aparelhos roubados no Ceará
Foto: Reprodução SSPDS.

O desenvolvimento e a utilização de ferramentas tecnológicas para reduzir indicadores criminais foram temas de reuniões, na última, entre as Secretarias de Segurança Pública do Ceará e de Pernambuco. A utilização da ferramenta Sistema Alerta Celular vai auxiliar os trabalhos policiais na recuperação de aparelhos celulares que foram subtraídos em ações criminosas. Em entrevista à Rádio Jovem Pan News Fortaleza, o secretário da Segurança Pública do Ceará, Sandro Caron, destacou o objetivo do sistema.

“É justamente um programa com o objetivo de reprimir o roubo e furto de telefones celulares. Ele já foi aplicado no estado de Pernambuco e agora está sendo trazido para o Ceará. O sistema forma um cadastro que será disponibilizado aos policiais em tempo real e, com isso, em qualquer situação de abordagem na rua, será permitido aos policiais civis e militares terem acesso imediatamente à lista de telefones roubados e furtados, o que permitirá a ação rápida dentro da questão de receptação”, explicou.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Uma vez cadastrado, os dados estarão acessíveis a todos os policiais, tanto do policiamento ostensivo quanto da parte investigativa. A medida visa impactar especialmente a redução dos Crimes Violentos Contra o Patrimônio no Estado. “Nós poderemos restituir um número muito maior de telefones, uma vez que, tendo acesso à base com proprietários de todos os aparelhos roubados, tão logo se identifique o número de IMEI, pode-se fazer a devolução”, finaliza Sandro Caron.

A Polícia orienta as vítimas que tiveram celulares roubados que registrem um Boletim Eletrônico de Ocorrência, por meio da Delegacia Eletrônica, ou de forma presencial, relatando o máximo de informações possíveis sobre a ocorrência. Esses dados auxiliam o trabalho das equipes policiais elucidando os casos, prendendo os suspeitos de crimes, localizando os aparelhos e, por fim, restituindo os dispositivos aos proprietários.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário