Venda de carne moída pode ter novas regras no Brasil | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
MUDANÇAS À VISTA
Venda de carne moída pode ter novas regras no Brasil
Um dos pontos estabelece que a porcentagem de gordura da carne moída deverá ser informada ao consumidor
IGOR SILVEIRA
Postado em 5 de outubro de 2021
Venda de carne moída pode ter novas regras no Brasil
Foto: Pixabay

A carne moída pode ter novas regras para venda no Brasil. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) colocou em consulta pública uma proposta de regulamento técnico de Identidade e Qualidade para o produto.  

O novo regulamento prevê, por exemplo, que a carne moída seja embalada imediatamente após a moagem, o que hoje não acontece, e que cada pacote do produto poderá ter no máximo 1 quilo. Além disso, a proposta também estabelece que a porcentagem de gordura da carne moída deverá ser informada ao consumidor.  

Outro ponto do novo texto é que não será é permitida a obtenção da carne moída a partir de moagem de miúdos e as carnes utilizadas como matéria prima na elaboração da carne moída devem estar livres de linfonodos, glândulas, cartilagens, ossos, grandes vasos, coágulos, tendões e demais tecidos não considerados aptos ao consumo humano. 

Para o economista Roberto Piscitelli, são propostas positivas, mas preocupantes para o momento em que o preço da carne já está bastante elevado. Ouça:

 

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O novo regulamento também traz regras sobre as temperaturas para manipulação e armazenamento do produto, entre outros pontos. De acordo com o economista, é preciso que todos opinem sobre as mudanças diante do cenário econômico no país. Ouça:

 

Leia também | Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes

O texto ficará em consulta pública pelo prazo de 60 dias. As sugestões devem ser apresentadas com fundamentos técnicos por meio do portal de Sistema de Monitoramento de Atos Normativos do Ministério da Agricultura. 

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário