Ganhador do Nobel de Física 2021 é forrozeiro e leitor de Guimarães Rosa | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
CULTURA BRASILEIRA
Ganhador do Nobel de Física 2021 é forrozeiro e leitor de Guimarães Rosa
Mesmo sem conhecer o Brasil, gosta do estilo tradicional, com as canções de Luiz Gonzaga
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 17 de outubro de 2021
Ganhador do Nobel de Física 2021 é forrozeiro e leitor de Guimarães Rosa
Foto: Divulgação

Giorgio Parisi é um físico que se dedica aos estudos sobre os sistemas complexos e o caos atmosférico, o que lhe rendeu o Nobel de Física em 2021. Ele ganhou o prêmio ao lado de outros cientistas especializados no clima, o norte-americano de origem japonesa Syukuro Manabe e o alemão Klaus Hasselmann.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Como premiação, Giorgio ganhará metade do valor em dinheiro de 986 mil euros, cerca de R$ 6,2 milhões, enquanto o restante será dividido entre os outros participantes.

O físico nasceu em Roma e demonstra curiosidade pela cultura do Brasil, onde admira o forró, que conheceu ao praticar aulas de dança, e escritores como Guimarães Rosa. Ele conta que a partir de 2005 passou a se interessar pelo mundo da dança e se aproximou de forma casual do forró.

Ele encontrou por acaso um anúncio para aprender forró universitário perto da universidade que trabalha. No início achou que era uma lição de forró para alunos e professores universitários. Depois, se interessou pelo estilo musical e aprendeu a dançá-lo.

O cientista disse que conhece a diferença entre o forró pé de serra e o forró universitário, primeiro estilo que conheceu. Segundo ele, o forró eletrônico está na moda, mas não faz sucesso na Itália. O estilo de forró que prefere é o “tradicional”, como mesmo classifica, como as canções de Luiz Gonzaga. Toda essa ligação com a cultura brasileira é sem nunca ter visitado o Brasil.

Leia também | Auxílio emergencial será encerrado ainda neste mês

Sobre o Nobel de Física 2021

A pesquisa premiada de Giorgio Parisi teve foco nos sistemas complexos e o caos atmosférico e foi iniciada no fim dos anos 1970. Parisi foi o sexto físico italiano premiado com a distinção.

Ele é professor da Universidade Sapienza de Roma e vice-presidente da Academia Nacional dei Lincei, responsável por promover a ciência. Além disso, Giorgio é pesquisador do Instituto Nacional de Física Nuclear da Itália.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

 


Deixe seu comentário