Menino é ferido por tubarão no litoral de São Paulo | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
ATAQUE
Menino é ferido por tubarão no litoral de São Paulo
O ataque causou ferimentos leves, mas os cortes precisaram ser suturados
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 16 de novembro de 2021
Menino é ferido por tubarão no litoral de São Paulo
Foto: Prefeitura de Ilha Comprida

Na tarde desta segunda-feira (15), um menino de 11 anos foi ferido na perna por um tubarão na Ilha Comprida, litoral sul de São Paulo. Segundo a prefeitura da cidade, o ataque causou ferimentos leves, mas os cortes precisaram ser suturados.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

A criança foi atendida na Unidade de Pronto-Atendimento de Ilha Comprida e tem bom estado de saúde. O ataque ocorreu por volta das 12h na Praia do Boqueirão e causou pânico entre os banhistas.

Segundo a gestão municipal, a criança mora no interior paulista e foi visitar o pai na cidade. Ele brincava no mar quando viu o tubarão se aproximar. O garoto gritou ao ser atingido e foi socorrido rapidamente.

Pesquisadores alertam que ataques de tubarões a pessoas são raros, mas a possibilidade aumenta quando existem muitos banhistas no mar.

Recentemente, pesquisadores da Universidade de Macquarie, na Austrália, constataram que os humanos nadando ou praticando remo têm uma semelhança com focas e leões marinhos para os tubarões brancos jovens. Essa espécie é a maior predadora do mundo, de acordo com o Fundo Mundial de Vida Selvagem, e é conhecida por arrancar pedaços de suas presas.

Conforme Sargento Nunes, do Corpo de Bombeiros, um cardume de cação esbarrou e feriu a criança, causando lesão sem gravidade na perna esquerda. Segundo ele, não houve evidência de ataque, nem marca de mordida. Para o sargento, o cardume estava em deslocamento na zona de arrebentação de ondas – o que não é normal – pode ter se assustado com o movimento de banhistas e esbarrado na criança causando o ferimento.

Geralmente os cardumes se deslocam em áreas mais profundas. Pelo deslocamento ter sido rápido, não houve interdição ou ação preventiva nas praias.

Segundo o depoimento em redes sociais, o pai do menino, agradeceu a preocupação de todos e explicou o ocorrido.

“Agradeço a Deus pelo livramento do meu Filho Carlinhos! Um lamentável acidente! Um cardume de cação esta passando próximo aos banhista na praia de Ilha Comprida, e meu filho provavelmente bateu em um deles que reagiu e o mordeu. Rapidamente socorrido com um leve ferimento na coxa. Ele foi para o Pronto Socorro onde foi medicado, levou 4 pontos e passa bem. Deus abençoe” disse Celso Marques Moreira Junior.

Leia também | Fortaleza registra o trimestre de agosto a outubro menos violento no trânsito em 20 anos

>>>Acompanhe a TV Cidade Fortaleza no YouTube<<<


Deixe seu comentário