Gol demite funcionários não vacinados contra o coronavírus | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
DECISÃO
Gol demite funcionários não vacinados contra o coronavírus
De acordo com a empresa, a decisão é um compromisso com a proteção dos passageiros
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 20 de novembro de 2021
Gol demite funcionários não vacinados contra o coronavírus
Foto: Divulgação/GOL

Com mais de 99% dos colaboradores vacinados contra a Covid-19, a companhia aérea Gol já demite funcionários que não estão com a imunização completa. De acordo com a empresa, a decisão é um compromisso com a proteção dos passageiros. Leia a nota na íntegra:

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

“A segurança é o valor número 1 da GOL Linhas Aéreas. Portanto, adotar a vacina contra a covid-19 como um requisito indispensável ao seu público interno se constitui numa decisão natural que se alinha ao compromisso da companhia com a saúde pública e a proteção da população em geral. Desta forma, conforme anunciado em agosto, a companhia iniciou neste mês de novembro o desligamento de colaboradores que não apresentaram certificado de vacinação.

São mais de 99% do time com imunização completa. Este número revela o claro engajamento do público interno da companhia em uma atitude de cuidado com a própria saúde, de seus familiares, colegas de trabalho, clientes e de toda a sociedade.

A criação desse requisito de segurança na GOL se apresenta como reforço e aprimoramento dos demais protocolos estabelecidos pela companhia desde o início da pandemia, os quais são rigorosos, confiáveis, certificados e comprovadamente eficazes. Para a GOL, a consciência e o entendimento sobre a importância da vacinação são fundamentais para o restabelecimento do bem-estar coletivo.

Estamos também atentos ao novo calendário do Ministério da Saúde de aplicação de doses de reforço para a população adulta já vacinada, incentivando nossos colaboradores a seguirem as recomendações dos órgãos competentes para caminharem conosco nesta retomada ainda mais protegidos e saudáveis.”

A empresa não informou quantos funcionários foram demitidos pela falta da vacinação.

Leia também | Pandemia: estudo relaciona falta de sono à alta da obesidade infantil

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

 


Deixe seu comentário