Vereador Ronivaldo Maia vira réu por tentativa de feminicídio | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
EM FORTALEZA
Vereador Ronivaldo Maia vira réu por tentativa de feminicídio
Parlamentar é acusado de atropelar uma mulher de 36 anos, com quem ele tinha um caso extraconjugal
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 9 de dezembro de 2021
Vereador Ronivaldo Maia vira réu por tentativa de feminicídio
Foto: CMFor

A Justiça cearense aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) e o vereador de Fortaleza, Ronivaldo Maia (PT), se tornou réu por tentativa de feminicídio. O parlamentar, que está preso desde 29 de novembro, é acusado de atropelar uma mulher de 36 anos, com quem ele tinha um caso extraconjugal, no bairro Granja Portugal, na capital.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

No início da semana, a defesa do parlamentar pediu à Justiça Estadual que Ronivaldo tenha direito à prisão especial e saia do presídio. O local sugerido para transferência foi o Quartel do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará. Na noite desta quarta-feira (8), a defesa de Ronivaldo Maia afirmou que ainda não recebeu a notificação sobre a decisão e, por isso, não iria se pronunciar.

A denúncia do Ministério Público argumenta que o vereador teria atentado em crime de homicídio, com as qualificadoras de motivo fútil; mediante dissimulação ou outro recurso que dificultou a defesa do ofendido; e contra a mulher por razões da condição de sexo feminino (feminicídio). O MP sustenta a tese de que houve menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

O documento do Ministério Público é assinado pela promotora de Justiça Alice Iracema Melo Aragão, da 2ª Vara do Júri de Fortaleza. No texto, a promotora afirma que o vereador arremessou o veículo “violentamente” contra a mulher, “arrastando-a pela via pública, não causando-lhe a morte por circunstâncias alheias à sua vontade”.

Na sequência da descrição, a promotora detalha que a vítima “agarrou-se à palheta do para-brisa do carro, ato contínuo o réu acelerou impetuosamente o veículo e saiu empreendendo muita velocidade, arrastando a vítima por alguns metros pela rua, até que a mulher conseguiu se desvencilhar do automotor e desabou no chão bastante ensanguentada”.

Leia também | Ronivaldo Maia é denunciado pelo Ministério Público por tentativa de feminicídio; defesa pede prisão especial

>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário