Bolsonaro anuncia que recebeu alta após dois dias internado | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
BRASIL
Bolsonaro anuncia que recebeu alta após dois dias internado
Presidente usou as redes sociais para informar que recebeu alta médica nesta quarta-feira (5)
REDAÇÃO GCMAIS COM HELLEN LEITE E AUGUSTO FERNANDES, DO R7
Postado em 5 de janeiro de 2022
Bolsonaro anuncia que recebeu alta após dois dias internado
Foto: Jair Bolsonaro/Twitter

O presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para comunicar que recebeu alta, nesta quarta-feira (5), após dois dias internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, para tratar um quadro de obstrução intestinal.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<

“Alta agora. Obrigada a todos. Tudo posso naquele que me fortalece”, escreveu Bolsonaro em sua página no Twitter. O texto é acompanhado de uma foto em que o presidente aparece com a equipe médica que o atendeu durante os dias de internação, incluindo o médico-cirurgião Antônio Macedo, que acompanha o chefe do Executivo desde o atentado a faca em 2018.

Leia também | Bolsonaro tem boa aceitação de dieta líquida e segue sem previsão de alta, diz boletim médico

Macedo chegou a antecipar o fim da viagem que fazia às Bahamas e voltou ao Brasil na madrugada da segunda-feira (3) para avaliar a necessidade do chefe do Executivo passar por nova cirurgia.

No entanto, durante a internação a equipe médica implementou uma sonda nasogástrica no presidente e o submeteram a uma dieta líquida. Como o aparelho digestivo do mandatário respondeu bem ao tratamento, não foi necessário submetê-lo a um novo procedimento cirúrgico.

A obstrução no intestino de Bolsonaro foi reflexo do ataque à faca que ele sofreu em 2018, durante a campanha presidencial. Desde o atentado, o presidente passou por seis cirurgias. Foram quatro em 2018 e duas em 2019 — para retirada da bolsa de colostomia e para correção de uma hérnia na incisão da cirurgia.

A última internação de Bolsonaro por problemas no aparelho digestivo tinha sido em julho de 2021, quando ele ficou hospitalizado por quatro dias com um quadro de obstrução parcial do intestino delgado. À época, os médicos descartaram fazer uma cirurgia no presidente por ele ter se recuperado sem grandes dificuldades.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário