Hospital Leonardo da Vinci suspende cirurgias eletivas para acolher internações de pacientes com síndrome gripal, em Fortaleza | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
AVANÇO DE SÍNDROMES RESPIRATÓRIAS
Hospital Leonardo da Vinci suspende cirurgias eletivas para acolher internações de pacientes com síndrome gripal, em Fortaleza
Anúncio foi feito pelo secretário de saúde do Ceará, Marcos Gadelha
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 5 de janeiro de 2022
Hospital Leonardo da Vinci suspende cirurgias eletivas para acolher internações de pacientes com síndrome gripal, em Fortaleza
Foto: Governo do Ceará

O Hospital Leonardo da Vinci, em Fortaleza, suspendeu de forma temporária as cirurgias eletivas para atender pacientes com síndromes gripais que precisem de internação. O anúncio foi feito pelo secretário de saúde do estado, Marcos Gadelha.

>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<

As cirurgias eletivas haviam sido retomadas em julho do ano passado, após a suspensão por cinco meses devido a quantidade de casos registrados do coronavírus. O Hospital Estadual Leonardo da Vinci (Helv) funcionou como o principal centro de acolhimento de infectados por Covid-19 no estado, nas fases mais agudas da pandemia.

As cirurgias eletivas iniciam, geralmente, às 7h e ocorrem até as 19h. Os pacientes permanecem na unidade por um período mínimo seguro, recebendo alta hospitalar, geralmente, no primeiro dia pós-operatório, a depender do procedimento.

Atualmente, 291 leitos estão voltados para o atendimento a pessoas com a doença. São 179 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 112 de enfermaria.

Hospital Leonardo da Vinci

Após o acordo que levou à aquisição do hospital de forma permanente pelo Estado, o equipamento passou a integrar a lista de unidades hospitalares da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e é administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH).

Leia também | Camilo anuncia plano para ampliação de leitos para síndrome respiratória no Ceará

Cirurgias eletivas

Entre a primeira e a segunda onda da pandemia, o hospital fez procedimentos nas áreas de Ortopedia, Otorrinolaringologia, Urologia e Cirurgia Geral. A unidade atende pessoas encaminhadas pela Central de Regulação do Estado. Aproximadamente 850 profissionais de diferentes áreas atuam no HELV, compondo uma equipe multidisciplinar para o atendimento à população.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário