IDT/Sine oferta serviços de autônomos via WhatsApp e Telegram; saiba como solicitar | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
SERVIÇO
IDT/Sine oferta serviços de autônomos via WhatsApp e Telegram; saiba como solicitar
Profissionais para faxina, serviços gerais, garçom, lavagem de roupas e passador são os serviços mais procurados
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 13 de janeiro de 2022
IDT/Sine oferta serviços de autônomos via WhatsApp e Telegram; saiba como solicitar
Foto: Divulgação/Governo do Ceará

Solicitar o trabalho de um profissional para realizar serviços de mão de obra em geral já é uma realidade. Isso porque uma iniciativa do IDT/Sine disponibiliza uma relação de serviços autônomos por meio dos aplicativos WhatsApp e Telegram, para facilitar a vida de quem procura e de quem oferta sua atividade.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Saiba como solicitar os serviços autônomos:

  • Por meio dos aplicativos WhatsApp e Telegram;
  • Salvando o número (85) 2180.6210 na agenda do telefone celular e iniciar a interação com o atendente virtual;
  • Acessando o portal www.idt.org.br e preencher o formulário de inscrição na opção “solicite um profissional autônomo”;
  • Através da Central de Atendimento ao Cliente pelo número 0800 591.0363, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Solicitação via WhatsApp e Telegram

Seguindo os mesmos passos no site do IDT e clicando na opção “solicite um profissional autônomo”, o trabalhador poderá realizar seu cadastro no banco de dados da instituição e ficar disponível para contratação dos seus serviços.

De acordo com dados do IDT/Sine, a previsão é da contratação de 11,2 mil profissionais através da intermediação desenvolvida pelas unidades de atendimento no Estado. Segundo levantamento do Sistema Empreende+, de janeiro a novembro de 2021, 9.722 serviços foram realizados, com destaque para as demandas por serviços, nas funções de faxina, serviços gerais, garçom, lavagem de roupas e passador.

Leia também | Após retomada das atividades, cursinho UeceVest inicia matrículas; saiba como se inscrever


Deixe seu comentário