Virose da mosca: saiba mais sobre a doença típica do período chuvoso no Ceará | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
DOENÇA DIARREICA AGUDA
Virose da mosca: saiba mais sobre a doença típica do período chuvoso no Ceará
A doença diarreica aguda é sazonal e ocorre com mais frequência durante o período das chuvas
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 14 de janeiro de 2022
Virose da mosca: saiba mais sobre a doença típica do período chuvoso no Ceará
Foto: Stock

Além do aumento dos casos de covid-19 e Influenza, os surtos da doença diarreica aguda, conhecida popular e erroneamente como “virose da mosca”, são típicos do início de cada ano, por conta da pré-estação chuvosa. Todos os anos, a Secretaria da Saúde do Ceará orienta a população quanto à prevenção, controle e transmissão da doença.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

A diarreia aguda é uma doença sazonal e é comum ocorrer com mais frequência durante o período das chuvas. Pode ser transmitida por vírus, bactérias ou parasitas. Tanto a mosca como o rato, a barata, formiga e até mesmo o ser humano podem transmitir esses microorganismos. Por isso, a higienização correta das mãos e dos alimentos é fundamental para prevenir a “virose da mosca”.

Conhecida cientificamente como Doença Diarréica Aguda (DDA) ou Gastroenterite Aguda, a virose da mosca ganhou este nome devido ao crescente aparecimento de moscas no período chuvoso do ano. Estas pousam em áreas contaminadas e depois em alimentos, podendo transportar microrganismos que levam doenças para dentro de casa.

Devido ao hábito de transitar por diversos tipos de matéria orgânica (lixo, fezes, cadáveres) acabam transportando em suas pernas inúmeros tipos de patógenos, como vírus, bactérias, protozoários e ovos de helmintos (verminoses), sendo potenciais vetores na transmissão de doenças, especialmente diarreias e desconfortos intestinais.

Cuidados necessários

As medidas de prevenção e controle que devem ser adotadas pela população se referem aos cuidados com o acondicionamento do lixo, mantendo-o sempre em sacos fechados e descartando-os apenas no dia e horário do caminhão de coleta. As lixeiras também devem ser lavadas após a retirada do lixo, pois podem conter ovos ou larvas. Deve-se evitar o acúmulo de qualquer resíduo orgânico, como adubos na superfície da terra e restos de alimentos.

Leia também | Anvisa confirma terceiro caso do superfungo Candida auris no Brasil

Sintomas da virose da mosca

– Náuseas;
– Vômitos;
– Diarreia;
– Febre;
– Cólicas abdominais;
– Desidratação, em casos mais graves.

Persistindo os sintomas ou surgindo sinais de desidratação, a orientação é procurar o médico.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário