Morre o radialista e ex-deputado estadual Narcélio Limaverde, aos 90 anos, em Fortaleza | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
LUTO NA COMUNICAÇÃO
Morre o radialista e ex-deputado estadual Narcélio Limaverde, aos 90 anos, em Fortaleza
Comunicador estava internado para tratamento de uma pneumonia grave
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 26 de janeiro de 2022
Morre o radialista e ex-deputado estadual Narcélio Limaverde, aos 90 anos, em Fortaleza
Foto: Agência AL

Luto na comunicação cearense. Morreu, na madrugada desta quarta-feira (26), o radialista e ex-deputado estadual, Narcélio Limaverde, aos 90 anos. O comunicador estava internado há 15 dias em um hospital particular de Fortaleza para tratamento de uma pneumonia grave.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Segundo familiares, Narcélio Limaverde se curou de um linfoma no pulmão, em 2013, mas a doença reapareceu em 2018. A pneumonia agravou o quadro e ele não resistiu. Narcélio deixa a mulher, Helenira Leite Limaverde, quatro filhos, sete netos e duas bisnetas. O velório acontece a partir das 10 horas desta quarta-feira, na Funerária Ternura, na rua Padre Valdevino.

Dos 90 anos de idade, 69 foram dedicados ao rádio, sua maior paixão. Narcélio Limaverde também teve destaque na política, ao assumir cadeira de deputado estadual pelo então PMDB, hoje MDB. O comunicador estava trabalhando, atualmente, na Rádio FM Assembleia.

Narcélio Limaverde, um apaixonado pelo Rádio

Notas de pesar

Assembleia Legislativa do Ceará

“A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará informa, com pesar, a morte do radialista e ex-deputado estadual, Narcélio Limaverde, ocorrida na madrugada desta quarta-feira (26/01), em Fortaleza. Ele tinha 90 anos, sendo 68 deles dedicados ao rádio. O radialista integrou os quadros da FM Assembleia até os seus últimos dias, com o Programa Narcélio Limaverde. Além de uma trajetória de sucesso em diversos veículos de comunicação do Estado, Narcélio Limaverde foi deputado estadual, sendo o parlamentar mais votado em 1986. Durante seu mandato, teve a oportunidade de contribuir para a elaboração da Constituição Estadual de 1989. Foi filiado à Associação Cearense de Imprensa (ACI) desde 1957 e foi também Membro Honorário da Academia Cearense de Letras e Jornalismo (ACLJ). O Parlamento Estadual lamenta esta perda inestimável para a comunicação cearense e manifesta condolências aos amigos e familiares em nome da esposa Helenira Leite e dos filhos Sérgio, Adriana, Vládia e Narcélio Filho”.

Governador Camilo Santana 

“Lamento profundamente a morte do radialista, jornalista e ex-deputado estadual Narcélio Limaverde, aos 90 anos. Com quase sete décadas de atuação, Narcélio foi um dos maiores nomes da comunicação cearense e um ícone do rádio no estado. Atuou também como apresentador de TV. Na política, assumiu como deputado estadual em 1987, sendo o parlamentar mais votado do Ceará à época. Meus sentimentos de pesar a todos os familiares, amigos e fãs de Narcélio Limaverde”, afirmou, na manhã desta quarta-feira, através das redes sociais.

Sindicato dos Radialistas do Ceará

“LUTO! A diretoria do SINDRADIOCE lamenta profundamente informar o falecimento do comunicador Narcelio Limaverde, ocorrido na madrugada de hoje, 26, em Fortaleza. Atualmente, Narcelio fazia parte dos quadros de funcionários da Rádio Assembleia FM onde apresentava programa diário na emissora. Narcélio tinha 90 anos de idade. Pêsames aos familiares, amigos e ouvintes.”

Associação Cearense de Imprensa

Com pesar, a diretoria da Associação Cearense de Imprensa (ACI) informa e lamenta a morte do radialista, jornalista e ex-deputado estadual Narcélio Limaverde. Ele tinha 90 anos e foi internado para tratamento de uma pneumonia grave. Narcélio foi e sempre será referência na comunicação cearense, especialmente no rádio. Até os últimos dias de vida, trabalhou de forma ativa na Rádio FM Assembleia, onde apresentava de segunda a sexta-feira o Programa Narcélio Limaverde. Além disso, foi autor de três livros: ”Senhoras e Senhores”, uma crônica sobre o rádio cearense; ‘Fortaleza, História e Estórias – Memória de uma Cidade’ e “Fortaleza Antiga“. “Como jornalista, radialista e homem público, Narcélio Limaverde deu grandes contribuições ao Ceará. Sócio há 64 anos da Associação Cearense de Imprensa, era uma referência para gerações de jornalistas e radialistas e exerceu dignamente todas as funções onde atuou. Que Deus esteja com seus amigos, familiares e admiradores”, diz Salomão de Castro, presidente da ACI.

Narcélio Limaverde

Narcélio Limaverde começou a carreira de radialista na antiga emissora Ceará Rádio Clube PRE-9, em 1954, trabalhando posteriormente como assistente da direção comercial. Naquela época, ganhou dos ouvintes e já admiradores a denominação de “o locutor dos brotinhos”.

Em 1960, esteve presente na fundação da primeira emissora de televisão do Ceará, a TV Ceará (Canal 2), pertencente aos Diários Associados, tornando-se o primeiro apresentador de TV do Estado. Dois anos depois, ingressou na Rádio Dragão do Mar como radialista e assistente do departamento artístico da emissora.

Narcélio também foi jornalista na rádio Jornal do Comércio de Recife (PE). Em 1970, foi apresentador do Sistema Verdes Mares. Trabalhou ainda na TV e rádio Uirapuru, AM Cidade, rádio Assunção Cearense e rádio FM do Povo.

Em 1986, Narcélio  ingressou na carreira política, eleito o deputado estadual mais votado do Ceará e também o primeiro colocado em Fortaleza, atuando como constituinte estadual (1988/1989). O resultado eleitoral demonstrou sua popularidade e reconhecimento do serviço profissional prestado à comunidade.

Atualmente, apresenta o programa Narcélio Limaverde, na rádio FM Assembleia 96,7, onde ingressou em sua fundação. Narcélio é membro honorário da Academia Cearense de Letras e Jornalismo (ACLJ).

Leia também | Olavo de Carvalho, ex-guru de Bolsonaro, morre aos 74 anos nos Estados Unidos


Deixe seu comentário