RISCO DE TRAGÉDIA

Prefeitura retira 150 famílias de área de risco no Vicente Pinzón

A ação de cuidado tem caráter preventivo, visto que o local consiste em uma área de risco e o relatório da Defesa Civil de Fortaleza aponta para a possibilidade de deslizamentos.

Compartilhe:
9 de abril de 2022
Evelyn Ferreira

A Prefeitura de Fortaleza deu início, na manhã deste sábado (9), a uma operação de abrigamento emergencial de famílias localizadas na comunidade do Alto da Paz, no bairro Vicente Pinzón, que sofreram com as intensas chuvas que vem caindo na capital cearense nos últimos dias. A ação de cuidado tem caráter preventivo, visto que o local consiste em uma área de risco e o relatório da Defesa Civil de Fortaleza aponta para a possibilidade de deslizamentos.

Prefeitura retira 150 famílias de área de risco no Vicente Pinzón
Foto: Reprodução

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Ao todo, 150 famílias estão sendo retiradas da área e levadas para a Escola Consuelo Amora, localizada próximo ao local onde as mesmas já residiam. Uma força-tarefa, composta por órgãos da gestão municipal, como Secretaria dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), Secretaria Executiva Regional 2, Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf) e Defesa Civil foi formada para prestar a assistência necessária às famílias.

O secretário da Regional 2, Rennys Frota, explicou o trabalho que já vem sendo desenvolvido junto à comunidade. “A Prefeitura de Fortaleza vem acompanhando a situação das famílias que residem no local e em diálogo constante de sensibilização para encontrar uma alternativa segura e viável para todos. Nesse momento, nossa maior motivação é preservar a vida dessas pessoas. Por isso, estamos agindo preventivamente de modo a mantê-las a salvo das chuvas”, afirmou.

Após o abrigamento emergencial, a próxima etapa é a prefeitura negociar junto aos assistidos opções, como o abrigo solidário ou aluguel social. As famílias também deverão realizar cadastramento nos programas habitacionais disponíveis.

Na última semana, o prefeito José Sarto acompanhou os trabalhos do Comitê Municipal da Quadra Chuvosa em algumas localidades de Fortaleza que sofreram com alagamentos e inundações devido ao grande volume de precipitações.

A Comunidade do Saporé, no bairro Varjota, situada às margens do Riacho Maceió, foi uma das áreas visitadas. Na última quinta-feira (7), Sarto esteve no local assegurando que as famílias atingidas pelas chuvas recebam kits assistenciais, com cesta básica, redes, lonas e mantas. A gestão municipal também realizou ações emergenciais, como poda de árvores e limpeza do manancial, para minimizar as consequências das fortes precipitações.

A Prefeitura de Fortaleza também já tem estabelecido diálogo com os moradores de maneira a sensibilizá-los para a desocupação da área, com a finalidade de realizar obras de urbanização que irão solucionar de vez o problema de alagamentos no local.

Outra área atendida com ações assistenciais esta semana foi a comunidade da Ponte da Sabiaguaba. O prefeito acompanhou a entrega de kits, pela Defesa Civil, a famílias que sofreram com os alagamentos.

Na ocasião, a prefeitura reforçou o compromisso de realizar obras de requalificação urbanística na área após o período da quadra chuvosa. A obra, que será realizada pela Seinf, prevê a construção de uma nova ponte e está orçada em cerca de R$ 10 milhões.

Desde o início do ano, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Defesa Civil, já entregou mais de 800 materiais assistenciais a famílias atingidas pelos temporais.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

WhatsApp do GCMais

NOTÍCIAS DO GCMAIS NO SEU WHATSAPP!

Últimas notícias de Fortaleza, Ceará e Brasil

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp.