Bombeiros salvam bebê de 9 meses sofreu engasgo durante a refeição | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
VIDA SALVA
Bombeiros salvam bebê de 9 meses sofreu engasgo durante a refeição
A criança estava sendo alimentada quando ocorreu o engasgo. Desesperada, a mãe buscou os bombeiros no bairro Conjunto Ceará.
Redação GCMAIS
Postado em 14 de maio de 2022
Bombeiros salvam bebê de 9 meses sofreu engasgo durante a refeição
Foto: Divulgação CBMCE

Uma mãe desesperada para salvar a vida de sua filha, uma bebê de apenas nove meses que engasgou durante a refeição, procurou o quartel do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) na tarde desta sexta-feira (13) no bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

A mãe, acompanhada da tia da criança, resolveu buscar socorro na unidade do Corpo de Bombeiros mais próxima de sua casa ao perceber que a filha havia engasgado. O acidente aconteceu enquanto a bebê era alimentada. Ao comer um pedaço de carne, a criança se engasgou.

Participaram da ação de salvamento o subtenente Florêncio, o subtenente Neto e soldado Arnaldo, na sede da 5ª Companhia do 1º Batalhão de Bombeiros Militar, segundo informações do CBMCE.

Para ajudar a criança, os bombeiros utilizaram a manobra Heimlich. Essa técnica costuma ser usada em casos de emergência por asfixia, provocada por corpo estranho preso nas vias respiratórias, impedindo a pessoa de respirar.

Após o procedimento, a menina conseguiu desengasgar. Os bombeiros orientaram a mãe e a tia da criança a buscar uma unidade de saúde para que a bebê passasse por avaliação clínica.

Confira o momento do salvamento da bebê

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por GCMAIS (@gcmais)

Leia também | Bebê é salvo de engasgo por policial militar

Engasgo: confira orientações de como proceder

Os casos de engasgo são comuns, principalmente em bebês, que podem se engasgar ao se alimentar, tomar mamadeira, mamar, ou até mesmo, com a própria saliva. O engasgo ocorre como consequência de uma reação do próprio organismo à ingestão incorreta de alimento ou acidental de um objeto, que tomam o caminho errado. Mas você sabe como proceder em situações como essa?

A primeira atitude ao perceber um engasgo em uma pessoa é ligar rapidamente para o 192, para chamar uma ambulância do SAMU, ou para o Corpo de Bombeiros, ligando para o 193.

Caso a vítima esteja acordada, inicialmente pede-se para que ela tente tossir na tentativa de eliminar ativamente o corpo estranho. Depois, a orientação é realizar a manobra de Heimlich, para facilitar a expulsão do objeto que estiver obstruindo sua via aérea. A indicação é se posicionar atrás da pessoa engasgada e abraçá-la na altura do estômago. O passo seguinte é fazer pressão num ciclo de cinco a oito vezes, ao mesmo tempo, para comprimir o abdômen contra os pulmões, forçando o desbloqueio da epiglote.

No caso dos bebês, deve-se inclinar a criança, com a barriga sobre o braço, para que o tronco fique mais baixo que as pernas, e dar 5 palmadas com a base da mão nas costas. Se não for suficiente, deve-se virar a criança de frente, ainda sobre o braço, e efetuar compressões com os dedos médio e anular sobre o tórax, na região entre os mamilos.

Se o engasgo for com líquido, a vítima deve ser colocada no chão, numa posição de conforto e o socorrista deve auxiliar na retirada do líquido, utilizando gazes, pano ou toalha.

Se a pessoa estiver sozinha, ela deve procurar um objeto rígido (cadeira ou sofá) e colocar a região abdominal (entre o diafragma e o umbigo), se apoiar e tentar fazer pressão interna com o próprio corpo.

Manobra de Heimlich

A Manobra de Heimlich é o melhor método pré-hospitalar de desobstrução das vias aéreas superiores por corpo estranho. Essa manobra foi descrita pela primeira vez pelo médico estadunidense Henry Heimlich em 1974 e induz uma tosse artificial, que deve expelir o objeto da traqueia da vítima. Resumidamente, uma pessoa fazendo a manobra usa as mãos para fazer pressão sobre final do diafragma. Isso comprimirá os pulmões e fará pressão sobre qualquer objeto estranho na traqueia.

Sinais de engasgamento no bebê

Tosse, espirro, ânsia de vômito e choro durante a alimentação, por exemplo;

A respiração pode estar rápida e o bebê ficar ofegante;

Não conseguir respirar, o que pode pode causar lábios azulados e palidez ou vermelhidão na face;

Ausência de movimentos respiratórios;

Fazer muito esforço para respirar;

Emitir sons incomuns ao respirar;

Tentar falar mas não emitir nenhum som.


Deixe seu comentário