Enterro dos policiais rodoviários federais mortos na BR-116 acontece nesta quinta-feira (19) | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
NA PARANGABA E NO JARDIM METROPOLITANO
Enterro dos policiais rodoviários federais mortos na BR-116 acontece nesta quinta-feira (19)
Velório das vítimas ocorre desde a noite desta quarta-feira (18)
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 19 de maio de 2022
Enterro dos policiais rodoviários federais mortos na BR-116 acontece nesta quinta-feira (19)
Foto: Divulgação/PRF

O enterro dos dois policiais rodoviários federais mortos na BR-116, em Fortaleza, está previsto para esta quinta-feira (19). O velório teve início ainda na noite desta quarta-feira (18), na sede da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Ceará.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Os agentes mortos na manhã estavam na corporação há mais de 15 anos. Márcio Hélio Almeida de Souza (52) e Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho (43) faziam parte do Grupo de Motociclismo Regional (GMR), da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os agentes integravam motopatrulhamento e escoltas de autoridades.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, os dois policiais que estavam patrulhando a via retiraram um homem em situação de rua que transitava entre os carros. Após ser abordado, o homem tomou a arma de um dos policiais e os matou.

Policiais rodoviários federais mortos na BR-116

Márcio Hélio

Nascido em Baturité, o agente atuou no Ceará e em Roraima. O policial tinha um filho. Márcio Hélio começou a integrar a PRF em 2006.

Raimundo Bonifácio

Natural de Viçosa do Ceará, o policial trabalhou ainda nos estados do Maranhão e Roraima. O agente de segurança deixa duas filhas. Raimundo Bonifácio fazia parte do corporação desde meados de 2005.

Leia também | Polícia prende suspeitos de envolvimento em tiroteio com mortes em posto de saúde de Fortaleza

O crime

Os agentes tiveram os óbitos atestados ainda no local do crime, a BR-116, pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O homem que atirou contra os dois policiais também foi atingido e morreu no local. As mortes dos policiais rodoviários federais na BR-116 serão investigadas pela Polícia Federal.

O atirador

O andarilho suspeito de matar os dois policiais não possuía antecedentes criminais. Antônio Wagner Quirino da Silva, de 31 anos, foi identificado por meio de necropapiloscopia, técnica utilizada por meio das impressões digitais.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário