Polícia Civil indicia personal que agrediu ex-morador de rua | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
SURTO PSICÓTICO
Polícia Civil indicia personal que agrediu ex-morador de rua
O fato aconteceu após o profissional flagrá-lo com sua esposa
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 21 de maio de 2022
Polícia Civil indicia personal que agrediu ex-morador de rua
O personal trainer Eduardo Alves por lesão corporal, após o episódio em que ele bateu no ex-morador de rua Givaldo Alves de Souza. (Foto: Reprodução/Instagram)

O personal trainer Eduardo Alves foi indiciado pela Polícia Civil do Distrito Federal por ter agredido no ex-morador de rua Givaldo Alves de Souza.

Agora, o Ministério Público avaliará o caso para verificar se a medida é cabível, após investigação ter sido concluída pela 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina).

Givaldo Alves foi flagrado mantendo relações sexuais com a mulher de Eduardo e não foi indiciado por cometer nenhum crime.

Em nota, Eduardo Alves se defende informando que a agressão só ocorreu porque ele acreditou que a esposa estivesse sendo estuprada.

Leia mais | Está presa mulher acusada de servir feijão envenenado aos enteados

À polícia, ela disse que a relação havia sido consensual, mas, segundo o personal, ela estava em um “surto psicótico” e não apresentava condições de consentir uma relação sexual.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<


Deixe seu comentário