Fortaleza pode ficar sem vacinas da Pfizer para crianças por risco de vencimento das doses | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
VACINAÇÃO NA CAPITAL
Fortaleza pode ficar sem vacinas da Pfizer para crianças por risco de vencimento das doses
O atual estoque, de 55 mil unidades, deve vencer entre 8 de junho e 31 de julho
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 27 de maio de 2022
Fortaleza pode ficar sem vacinas da Pfizer para crianças por risco de vencimento das doses
Foto: Prefeitura de Fortaleza

Cerca de 40 mil crianças de 5 a 11 anos de idade estão com a segunda dose da Pfizer pediátrica pendente em Fortaleza, conforme estimativa da Secretaria Municipal da Saúde. O atual estoque, de 55 mil unidades, deve vencer entre 8 de junho e 31 de julho. Com isso, caso o público infantil não receba a segunda dose contra a Covid-19 a tempo, a capital cearense poderá ficar sem as doses.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O que agrava a situação é que a vacina não pode ser encaminhada para dose de reforço ou outras faixas etárias, já que é exclusiva para o público entre 5 e 11 anos.

Fortaleza pode ficar sem vacinas da Pfizer pediátrica

Segundo a Prefeitura, até a última quarta-feira (25), mais de 155 mil crianças foram vacinadas com a primeira dose, o que corresponde a 54,7% do total. Já para segunda dose, a imunização só atingiu 81.589 crianças (88,5%), somando as doses de Pfizer pediátrica e Coronavac.

Vacinação nas escolas

Alunos da rede municipal receberão vacina contra a Covid-19 nas escolas de Fortaleza. O “Dia D” acontecerá semanalmente, sempre às quintas-feiras, em seis escolas da capital, vacinando os estudantes de 5 a 17 anos, seja com a primeira dose ou completando o esquema vacinal. Com a ação devem ser contemplados, por dia, em média 1.800 alunos.

“As estratégias para a campanha de vacinação contra a Covid-19 são constantemente aprimoradas. Levar a vacina para o ambiente escolar amplia o acesso à proteção contra o coronavírus para crianças e jovens, faixa etária bastante acometida por síndromes gripais”, afirma Ana Estela Leite, secretária da Saúde de Fortaleza.

Leia também | Alunos da rede municipal receberão vacina contra a Covid-19 nas escolas de Fortaleza

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário