Polícia Militar encerra rinha e resgata 100 galos em maus tratos em Itapajé, Ceará | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
EM ITAPAJÉ
Polícia Militar encerra rinha e resgata 100 galos em maus tratos em Itapajé, Ceará
Um homem se apresentou como dono do local e foi levado preso para a Delegacia Regional de Itapipoca
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 12 de junho de 2022
Polícia Militar encerra rinha e resgata 100 galos em maus tratos em Itapajé, Ceará
Foto: Reprodução

Neste sábado (11/6), a Polícia Militar fechou local que praticava rinha de galo e ainda resgatou 100 galos que eram mantidos em condição de maus tratos, no bairro Piçarra, em Itapajé, Ceará. No local, os PMs apreenderam agulhas, bicos de ferro, tesouras, esporas, facas, linhas, medicações, seringas e diversos materiais usados para a promoção de rinha de galo. Um homem foi detido e apresentado à delegacia local.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

A ação aconteceu logo depois da PMCE  recebeu uma denúncia acerca de maus tratos contra animais naquela região. Ao chegarem no local, os militares observaram uma movimentação de pessoas manejando galos e equipamentos em atitudes suspeitas. No ambiente, os policiais avistaram cinco indivíduos ao redor de um tambor utilizado para a arena de combate das aves.

Diante da quantidade de aves no local, também foi solicitado apoio do Demutran de Itapajé e da secretaria de Infraestrutura da Cidade. O suspeito por promover o evento, identificado como José Fabiano Chaves Gomes, 55, se apresentou como proprietário do local e dos animais. Foi dada voz de prisão ao homem que foi levado para a Delegacia Regional de Itapipoca, onde foi registrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) para investigar o crime ambiental. As aves foram encaminhadas para o Instituto Municipal de Meio Ambiente.

Crime de maus tratos

A PMCE ressalta que matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida, é crime ambiental. A população pode realizar denúncias de crimes ambientais através do número 190.

Homem é preso em Baturité por maus-tratos a uma cadela

A Polícia Civil do Ceará prendeu um homem de 54 anos acusado de maus-tratos a uma cadela em Baturité, no dia 12 de abril. A ação aconteceu depois que os agentes de segurança receberam um vídeo em que o rapaz aparece agredindo o animal em casa.

Leia também | Cachorro é agredido até morrer em Paramoti; câmera de segurança registrou crime

Os policiais receberam o material através do Disque-Denúncia da Delegacia Regional de Baturité, mas estas imagens também circularam nas redes sociais durante o fim de semana. Na manhã desta segunda, os policiais foram até a residência do homem, no bairro Maria José Viana, em Baturité, e encontraram, além da cadela que aparece nos vídeos sofrendo as agressões, um outro cachorro e um periquito.

O homem foi levado à delegacia e os policiais apuram o crime de maus-tratos contra animais. Além disso, ele também foi autuado por manter animal da fauna brasileira em cativeiro, no caso do periquito.

>>Acompanhe a TV Cidade Fortaleza no YouTube<<<

 


Deixe seu comentário