Tartaruga verde desova pela primeira vez em Caucaia, no Ceará | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
FEITO INÉDITO
Tartaruga verde desova pela primeira vez em Caucaia, no Ceará
O Instituto de Meio Ambiente de Caucaia (IMAC) monitorou o ninho por 70 dias.
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 22 de junho de 2022
Tartaruga verde desova pela primeira vez em Caucaia, no Ceará
Foto: Reprodução

A Prefeitura de Caucaia, através do Instituto de Meio Ambiente de Caucaia (IMAC), registrou, pela primeira vez, o nascimento das tartarugas da espécie Chelonia mydas, popularmente chamada de Tartaruga verde ou Aruanã, na praia do Cumbuco, no Ceará. O feito é inédito já que a desova dessa espécie acontece em ilhas oceânicas, sendo raro no continente. 

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Esse ninho de tartaruga verde foi achado com a ajuda do kitesurfista Ricardo Matos, que estava caminhando na praia quando avistou o ninho e logo em seguida entrou em contato com o IMAC. A partir de então, o órgão municipal fez o monitoramento da desova e acompanhou o nascimento de seis tartarugas verdes. 

Só este ano, Caucaia, localizada na região metropolitana de Fortaleza,  já registrou o nascimento de 3056 tartarugas da espécie Eretmochelys Imbricata, mais conhecida como Tartarugas de Pente. Todos os dados referentes a esse fato inédito serão publicados em um estudo científico que está em desenvolvimento pelo Instituto de Meio Ambiente de Caucaia. 

Leia também | Tatuagem em pets: Comissão de Meio Ambiente avança projeto que proíbe a prática

Desova de Tartaruga verde

De acordo com o engenheiro de pesca e gerente de orla do IMAC, Thiago Menezes:

 “Com o registro dessa nova espécie desovando em Caucaia, podemos afirmar que a cada dia o município vem evoluindo nos cuidados com suas praias e contribuindo para que novas espécies estejam desfrutando de ambientes limpos e sadios”, afirma Thiago. 

De acordo com o IMAC, historicamente, a espécie de tartarugas verde desova em ilhas oceânicas. Por isso, esse registro inédito de desova dessa tartaruguinha no litoral de Caucaia confirma o compromisso da gestão atual em manter as praias cada vez mais limpas.

Uma praia em equilíbrio ambiental é o cenário perfeito para a desova das tartarugas, A Prefeitura de Caucaia, por meio do Instituto de Meio Ambiente de Caucaia (IMAC), segue como o primeiro município do Ceará e o segundo do Brasil a ter autorização ambiental para monitorar ninhos de tartarugas no litoral caucaiense, que tem 30,8 km de extensão. Essa conquista se deve ao investimento em ações de preservação e monitoramento desenvolvidas pela gestão municipal atual.

>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<< 

Deixe seu comentário