Educação

Aprovados em concurso para professor do Estado cobram convocação

Candidatos denunciam que governo está contratando temporários quando já deveria chamar os profissionais que estão no cadastro reserva

Compartilhe:
29 de junho de 2022
Victor Mendes
Aprovados em concurso para professor do Estado cobram convocação
Foto: Reproduçãoe

Mais de 1.400 professores que passaram no concurso público da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) aguardam, desde 2019, serem chamados. Enquanto isso, o Governo do Estado está contratando professores temporários para ocupar vagas ociosas. 

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Yago Gadelha é um dos aprovados que espera, há mais de três anos, ser chamado para ocupar a vaga de professor do Estado, vaga que ele tanto lutou para conseguir. O docente ficou na lista reserva, mas pelo tempo que faz e pela necessidade de professores nas escolas estaduais já deveria ter sido convocado.

“De lá pra cá, foram convocados mais policiais do que professores, mais profissionais de outras áreas do que professores. A alegação financeira do Estado não nos convence por essas questões. Nós temos um cenário em que muitas escolas ainda estão sem professores. No levantamento do final do ano passado, são mais de 10 mil horas/aulas ocupadas por temporários, enquanto tem professores efetivos esperando convocação”, revela.

Aprovados cobram posição

2.500 profissionais foram chamados, mas 1.412 ainda esperam. Segundo o Sindicato dos Professores do Estado, o que mais revolta a categoria é que até agora nenhuma negociação foi feita. Reuniões são marcadas desde a gestão de Camilo Santana (PT), ex-governador do Ceará. Mas nenhuma delas chegou a acontecer, como explica Reginaldo Pinheiro, Presidente da Apeoc.

“Na última plenária, nós aprovamos abordar a governadora [Izolda Cela] em qualquer lugar que ela esteja para garantir a audiência. Na semana passada, tivemos um evento grande aqui no Centro de Eventos e na oportunidade abordamos a Izolda. Ficou marcada a audiência para essa semana. Mas fomos informados que a audiência ficou para próxima semana”, comenta. 

Por nota, a Secretaria da Educação informou que recebeu a comissão do cadastro de reserva, juntamente com o Sindicato Apeoc, no último dia 23 de junho. Portanto, há menos de uma semana. Esse não foi o primeiro encontro da mesa permanente de negociação. Os estudos continuam. 

Leia também | Fortaleza não registra mortes por Covid-19 há 35 dias, mas os números de casos aumentaram

Todos os aprovados dentro das 2.500 vagas de provimento imediato ofertadas no concurso foram chamados, conforme o edital que regulamentou o certame, para as 13 disciplinas do currículo do Ensino Médio, incluindo também a de Libras.