Cidades

Coleta do Censo 2022 começa nesta segunda-feira e o Ceará terá mais de 3 milhões de domicílios visitados

O Censo vai trazer um panorama detalhado dos brasileiros, mostrando suas principais caraterísticas socioeconômicas

Compartilhe:
1 de agosto de 2022
Redação GCMAIS
Coleta do Censo 2022 começa nesta segunda-feira e o Ceará terá mais de 3 milhões de domicílios visitados
Seleção visa contratação imediata visando o Censo 2022.

O Censo 2022 vai começar coleta domiciliar nesta segunda-feira (1º). Serão mais de 183 mil recenseadores visitando todos os domicílios do país, o IBGE calcula serem cerca de 75 milhões. Além de saber exatamente qual o tamanho da população do Brasil – estimada, atualmente, em 215 milhões de habitantes – o Censo vai tirar uma fotografia detalhada dos brasileiros, mostrando suas principais caraterísticas socioeconômicas: idade, sexo, cor ou raça, religião, escolaridade, renda, saneamento básico dos domicílios etc.

No Ceará, 7.348 recenseadores visitarão mais de 3 milhões de domicílios distribuídos nos 184 municípios. A expectativa é que sejam contados mais de 9 milhões de habitantes no estado.

Programado para acontecer em 2020, o Censo foi adiado devido à pandemia de Covid-19. No ano seguinte, sofreu novo adiamento, por falta de orçamento. Após determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), o governo federal liberou os R$ 2,3 bilhões necessários para a realização da operação censitária.

Até o início de novembro, os recenseadores estarão visitando cada domicílio nos 5.568 municípios do país, incluindo aldeias indígenas. Além disso, pela primeira vez, os moradores de territórios quilombolas serão contabilizados, bem como pessoas com diagnóstico do espectro autista.

Os primeiros resultados do Censo 2022 estão previstos para serem divulgados ainda no final deste ano. Outras análises e cruzamentos de dados serão divulgados ao longo de 2023 e 2024.