ATENÇÃO

Dia Mundial da Voz: confira 6 dicas para manter a saúde vocal

Rouquidão, falha na voz e dores na região do pescoço são sinais de alerta

Compartilhe:
15 de abril de 2023
Portal GCMAIS

Uma das ferramentas de comunicação mais usadas é a voz. Muitas vezes, a busca por cuidados com esse instrumento acontece apenas quando há alguma falha ou incômodo. O Dia Mundial da Voz, lembrado neste domingo, 16 de abril, é uma data dedicada para conscientizar as pessoas sobre a importância dos cuidados com a saúde vocal.

A voz é produzida na laringe por meio da vibração das pregas vocais, conhecidas como cordas vocais, que realizam o movimento através do fluxo de ar que vem dos pulmões. O som vai se modificando na cavidade nasal e bucal, até que ao ser articulado, transforma-se em voz.

“É importante estar atento aos sinais de alteração vocal, como cansaço, dor ou ardor ao falar, falhas na voz, mudanças de tom, pigarro e rouquidão constante. Sintomas como esses podem sinalizar doenças e, nos casos mais graves, podem causar um câncer de laringe”, explica a fonoaudióloga Roseane Araújo, que atua na Clínica Censo, em Parauapebas (PA).

Dia Mundial da Voz: como ter uma voz saudável?

Para evitar traumas e doenças relacionadas à voz, a prevenção é o melhor caminho. A fonoaudióloga destacou alguns cuidados importantes que podem ajudar a prevenir doenças e demais problemas na voz:

  • Mantenha-se hidratado: beba de sete a oito copos de água por dia;
  • Intensifique a hidratação em ambientes com o ar-condicionado;
  • Evite gritar e falar por períodos muito longos. Use um microfone ou amplificador da voz, se for necessário;
  • Não exagere na ingestão de leite e seus derivados, bebidas gasosas e alcoólicas;
  • Procure ajuda médica ao se deparar com tosse e pigarros excessivos;
  • Tenha uma alimentação saudável, rica em frutas e proteínas.

A fonoaudióloga Roseane também alerta para a necessidade de hábitos saudáveis para manter a saúde vocal.

“Um dos exemplos atuais mais prejudiciais para a saúde vocal é o uso de cigarros eletrônicos e convencionais. Além de causar alterações vocais, as toxinas presentes no fumo irritam a laringe, causando inchaço, ressecamento e até mesmo um câncer, futuramente”.

Leia mais | Saúde vai credenciar 57 mil equipes para reforçar unidades básicas

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<< 

WhatsApp do GCMais

NOTÍCIAS DO GCMAIS NO SEU WHATSAPP!

Últimas notícias de Fortaleza, Ceará e Brasil

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp.