OPERAÇÃO INTEGRADA

Quatro torcedores com ficha criminal extensa são presos na Arena Castelão antes de partida

Os suspeitos possuem diversos registros de antecedentes criminais e foram capturados enquanto entravam no estádio

Compartilhe:
6 de junho de 2024
Portal GCMAIS

Quatro torcedores com ficha criminal extensa foram presos na Arena Castelão, momentos antes da partida entre Fortaleza x CRB, pela final da Copa do Nordeste, na última quarta-feira (5). A ação foi integrada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), com as Forças de Segurança e órgãos parceiros e resultou nas prisões. Os suspeitos possuem diversos registros de antecedentes criminais e foram capturados enquanto entravam no estádio.

Quatro torcedores com ficha criminal extensa são presos na Arena Castelão antes de partida
Foto: Francisco Fontenele

Ao todo, foram cumpridas cinco ordens de prisão contra os quatro suspeitos. Dentre os presos, um homem, de 40 anos, que estava com um mandado de prisão civil em aberto e outro homem, de 66 anos, possuía um mandado de prisão preventiva em aberto pelo crime de receptação.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Além dos dois homens, foram capturados também outros dois suspeitos que já possuíam extensas fichas de antecedentes criminais. Na ocasião, um homem, de 40 anos, que tem antecedentes por ameaça, homicídio doloso, uso de entorpecentes, tráfico ilícito de drogas e associação para o tráfico, desobediência, desacato, violação ao estatuto de torcedor, roubo, crime contra a administração pública e porte ilegal de arma de fogo. O suspeito estava com um mandado de prisão definitiva em aberto pelo crime de roubo.

O quarto suspeito capturado foi um homem, de 32 anos, que já possui passagens por crimes de uso de entorpecentes, tráfico ilícito de drogas, associação para o tráfico, homicídio doloso e associação criminosa. Ele estava com dois mandados de prisão em aberto, sendo um de prisão temporária por tráfico ilícito de drogas e outro de prisão preventiva decorrente de decisão condenatória por crimes de homicídio.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Após os torcedores na Arena Castelão serem presos, os suspeitos foram conduzidos para uma unidade plantonista da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), onde foram realizados os procedimentos para o cumprimento dos mandados de prisão. Em seguida, foram encaminhados para unidades do sistema penitenciário, e se encontram à disposição da Justiça. Os trabalhos investigativos seguem em andamento com o objetivo de identificar outras pessoas que tenham envolvimentos com crimes na Capital.

Os trabalhos operacionais foram realizados em conjunto por equipes das Coordenadorias Integrada de Planejamento Operacional (Copol) e de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS); do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE); do Departamento de Inteligência Policial (DIP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE); além do apoio do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

Leia também | Vídeo registra momento da briga que deixou torcedores gravemente feridos

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

WhatsApp do GCMais

NOTÍCIAS DO GCMAIS NO SEU WHATSAPP!

Últimas notícias de Fortaleza, Ceará e Brasil

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp.