Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
AGRESTE PERNAMBUCANO
Após problema com refrigeração, cidade em Pernambuco perde 2,8 mil doses de vacinas contra covid
Por conta de uma falha na refrigeração, os imunizantes precisaram ser descartados
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 27 de maio de 2021
Após problema com refrigeração, cidade em Pernambuco perde 2,8 mil doses de vacinas contra covid
Foto: Hélia Scheppa/SEI

Em um momento em que as vacinas estão entre os bens mais procurados em todo o mundo, uma cidade em Pernambuco precisou jogar fora 2,8 mil doses dos imunizantes contra covid-19. O motivo foi uma oscilação de temperatura na câmara de refrigeração que armazenava o material.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Leia também | Vacinação em Fortaleza: pessoas com comorbidades participam de repescagem nesta quinta (27); confira quem tem direito

Este caso aconteceu em São Bento do Una, no agreste pernambucano. As 2,8 mil doses eram de vacinas da AstraZeneca e CoronaVac. Elas foram classificadas como insatisfatórias após terem sido enviadas para uma análise no Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS).

Segundo a nota do Ministério da Saúde, essas doses estão dentro do que já é previsto dentro do cálculo do órgão, então não será necessário realizar uma reposição das doses. O material perdido corresponde a cerca de 10% do total de doses distribuídas.

O caso começou no dia 5 de abril, quando a campanha de vacinação na Cidade chegou a ser suspensa por conta da suspeita de que a oscilação na temperatura do refrigerador teria prejudicado a conservação do imunizante.

Leia também | Maranguape inicia vacinação de professores

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário