Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
EM ALTA
Mercado de seguros no Brasil cresce 10% mesmo em cenário de pandemia
Tecnologias digitais foram fundamentais para a atualização, manutenção e inovação dos processos dentro das seguradoras.
DÉBORA BRITTO
Postado em 31 de maio de 2021
Mercado de seguros no Brasil cresce 10% mesmo em cenário de pandemia
Este é o momento certo para o setor de seguros imprimir uma visão global sobre as tendências em inovação. Foto: Divulgação

De acordo com informações da IRB+Inteligência, serviço de inteligência de dados que tem como objetivo divulgar informações e estatísticas sobre o comportamento do setor de seguros e resseguros, o mercado brasileiro de seguros apresentou um crescimento de 10% no ano passado.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Mesmo sendo um ano de pandemia com alto índice de desemprego, redução de renda, colapso na saúde, queda de muitas empresas, o consumidor se mostrou criterioso e ficou comprovado o aumento da necessidade de proteção ampla e familiar.

Diante de toda a dificuldade do cenário brasileiro, o segmento de seguros também precisou se reinventar para não perder clientes nem prospecções. A grande aposta das operadoras é oferecer produtos com acessórios que oferecem benefícios aos dependentes para serem usufruídos em vida, como assistência pet e telemedicina.

Segundo o especialista em seguros, Luan Rocha, o mundo digital contribuiu para que as negociações conseguissem avançar e assim, não só se manter estável, como também conseguir crescer.

“Mesmo em meio a crise, o nosso mercado sempre foi muito resiliente em relação aos impasses econômicos e financeiros que o país e os consumidores passaram. Tanto as seguradoras, quanto as corretoras de seguros sempre tiveram uma operação muito enxuta, utilizando o que tínhamos mais de ponta em relação a tecnologia para tentar alcançar uma produtividade e um crescimento interessante no nosso mercado. Em 2020, o mercado de seguros cresceu no Brasil 3,6%, entre fevereiro de 2020 e fevereiro de 2021”, afirma.

No mesmo período, segundo a Confederação Nacional da Empresas de Seguros (CNSeg), o mercado de seguros no Ceará, superou o patamar nacional em 2020 e alcançou o patamar de 20%. Os ramos com maior destaque são o de danos, responsabilidades, seguro de pessoas e seguro patrimonial.

O atendimento online e a operacionalização de todas as fases do seguro em ambiente virtual já se tornou tendência no mercado. O momento fez com que as plataformas digitais se tornassem tecnologia indispensável. Desta forma, tornou-se necessário também, a atualização e planejamento constante das operações, para melhor atender os clientes.

Investir em propostas para os jovens, também foi positivo para o setor de seguros. A geração Y, que se refere à corte dos nascidos após o início da década de 1980, percebeu os impactos da falta de planejamento financeiro dos pais e avós na vida deles, o que faz com que compreendam melhor a importância de cuidar deste aspecto.

>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário