Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
MINAS GERAIS
Homem anuncia assalto a grupo de religiosos e morre após oração do pastor
O caso aconteceu na cidade de Ribeirão das Neves, em Minas Gerais
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 7 de junho de 2021
Homem anuncia assalto a grupo de religiosos e morre após oração do pastor
Foto: Reprodução

Na noite do último sábado (5), um homem morreu após anunciar um assalto a um grupo de religiosos que estavam rezando em um monte na cidade de Ribeirão das Neves, em Minas Gerais. O homem sofreu um mal súbito e veio a óbito logo após a oração do pastor que fazia parte do grupo.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<

Os fiéis estavam em um monte de oração há dois dias quando foram abordados por dois homens, um deles armado com um facão e uma arma de brinquedo. No momento desta abordagem, um pastor, que estava no grupo de oração, começou a rezar.

“Eu estendi a mão e falei: ‘jovem, não faça isso, Jesus te ama. Nós somos homens de Deus, rapaz!’. Ele só virou o olho e caiu para trás já morto, imediatamente”, conta o pastor Thiago Souza, em entrevista para a Record TV.

O comparsa, mesmo assustado, continuou a abordagem. “Ele pegou o celular da minha mão. Tinha um facão próximo à barraca, ele pegou o facão e eu fiquei estendendo a mão, clamando o nome de Jesus, ele começou a ‘bambear’ e eu, de imediato, como pastor em nome de Deus, abracei ele e falei: cara a gente te perdoa”, disse Thiago Souza.

Leia também | Caboclo teria prometido a Bolsonaro que Tite seria demitido até terça (8), diz portal

Os fiéis ainda tentaram reanimar o homem que ficou caído no chão, mas foi em vão. Já o outro homem pediu ajuda para ir embora. Com receio de que ele ficasse violento novamente, o pastor deu um dinheiro para que o jovem descesse do monte e pegasse um ônibus. “Ali ele desceu mata a baixo e sumiu”, relata o pastor.

Em seguida, os fiéis chamaram a Polícia Militar. Em entrevista à Record TV, um dos agentes de segurança conta que a situação também surpreendeu os policiais. “Foi um caso inusitado, bem diferente mesmo para a Polícia Militar”, disse.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Saiba mais sobre o caso no Balanço Geral Ceará Manhã:


Deixe seu comentário