Rio pode liberar máscaras em locais abertos na próxima semana | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
PANDEMIA
Rio pode liberar máscaras em locais abertos na próxima semana
Medida será tomada quando 65% dos cariocas estiverem vacinados
AGÊNCIA BRASIL
Postado em 21 de outubro de 2021
Rio pode liberar máscaras em locais abertos na próxima semana
Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou hoje (21) que a cidade pode atingir o percentual de 65% de população com vacinação completa contra a covid-19 na próxima segunda-feira. Com essa cobertura vacinal, a prefeitura pretende desobrigar o uso de máscaras em locais abertos e sem aglomeração.

“Imagino que na semana que vem a gente chegue na segunda-feira ou terça aos 65%. Supostamente, se não houver nenhuma decisão em contrário, a gente permite a liberação de máscara em lugares abertos”, disse o prefeito, que acrescentou que a medida segue as determinações do comitê científico da cidade.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Leia também | Câncer de mama pode afetar até 66 mil mulheres por ano

Paes discursou para empresários na Associação Comercial do Rio de Janeiro e previu ainda que será possível atingir uma cobertura de 75% da população da capital fluminense com a vacinação completa em 15 de novembro, o que permitirá a desobrigação do uso de máscaras também em lugares fechados.

“Acho que vamos ter um belo de um Réveillon, um belo de um carnaval e vamos celebrar a vida. Isso é importante, o Rio precisa do setor de eventos e precisa do entretenimento”, disse.

Segundo o painel de dados da cidade do Rio de Janeiro, o município vacinou até o início da tarde de hoje cerca de 62% da população com duas doses ou a dose única da vacina. Perguntado se acredita que o patamar de 65% será atingido até o início da semana que vem, ele respondeu: “Estou torcendo, rezando e aplicando agulha”.

Leia também | 50 a cada 100 mil mulheres devem ter câncer de mama no Ceará até o fim de 2021, estima Inca

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário