Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 8 | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
ECONOMIA
Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 8
Valor médio do benefício é de R$ 217,18
AGÊNCIA BRASIL
Postado em 26 de novembro de 2021
Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 8
Foto: Agência Brasil

A Caixa paga nesta sexta-feira (26) o Auxílio Brasil para beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) com final 8. O valor médio do benefício é de R$ 217,18. As datas seguirão o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês.

Leia também | Black Friday: confira horário de funcionamento de shoppings em Fortaleza

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Benefícios básicos

O novo programa social tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga um emprego ou tenha um filho que se destaque em competições esportivas ou em competições científicas e acadêmicas.

Podem receber o Auxílio Brasil as famílias com renda per capita de até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e aquelas com renda per capita de até R$ 200, consideradas em condição de pobreza.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Valor do Auxílio Brasil pode aumentar

Nesta quinta-feira (25), a Câmara dos Deputados aprovou o texto-base do deputado Marcelo Aro à Medida Provisória 1061/21, que cria o programa Auxílio Brasil. O novo benefício, que substitui o Bolsa Família, já está em vigor, mas ainda precisa ser aprovado pelo Congresso Federal para tornar-se lei.

Leia também | Auxílio Brasil, novo Bolsa Família, e BPC podem ser pagos em dobro em dezembro

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

A Medida Provisória foi aprovada na forma de um projeto de lei de conversão (PLV) proposto por Marcelo Aro, que modificou vários pontos da proposta original do Poder Executivo. No total, foram apresentadas 461 emendas ao projeto, o que pode aumentar o valor do benefício. Para conferir as emendas, clique aqui.

Leia também | WhatsApp Web ganha função para criar figurinhas; confira

Antes da votação, o Plenário da Câmara realizou uma sequência de negociações em torno do PLV. O ministro da Cidadania, João Roma, que é deputado federal licenciado, participou desse momento.


Deixe seu comentário